Vídeo mostra enterro coletivo em Manaus

Em meio à pandemia os números de mortes por covid-19 confirmadas e em investigação vem crescendo a cada dia em Manaus, nos dados divulgados nesta segunda-feira (20), revelam que 44 mortes seguiam em investigação por suspeita de Covid-19. O Amazonas, tinha até ontem, 185 mortes confirmadas. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra corpos sendo enterrados em vala no cemitério do Parque Tarumã.

Essa explosão de óbitos, somadas as mortes de outros casos, causaram um caos no maior cemitério da capital do Amazonas. Com tantos corpos, nessa terça-feira (21/04) a Prefeitura de Manaus começou a sepultar pessoas em “valas coletivas”, que consiste na abertura de um vala e posicionamento de caixões lado a lado. Após isso, um trator cobre as urnas funerárias com barro.

Comunicado

A prefeitura fez um comunicado na manhã desta terça-feira (21), informando que o acesso ao cemitério está restrito ás famílias que forem enterrar seus entes queridos, veja:

A Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), da Prefeitura de Manaus, informa que, com o aumento na demanda do cemitério público Nossa Senhora Aparecida, no Tarumã, em consequência da Covid-19, e devido aos consecutivos conflitos entre familiares e a imprensa, o acesso ao local está restrito às famílias que forem enterrar os seus entes queridos, na quantidade máxima de cinco pessoas, conforme o Decreto nº 4.801, de 11 de abril de 2020, publicado no Diário Oficial do Municipal (DOM). A medida visa preservar a privacidade das famílias enlutadas e também considera o risco de propagação do novo coronavírus.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Você também pode gostar: