14 de julho de 2024

Festival de Parintins 2024: Garantido encerra a segunda noite levando o Bumbódromo ao delírio

O legado de Lindolfo Monteverde, fundador do boi vermelho e branco, conduziu a segunda noite, emocionando a galera encarnada

Na segunda noite de apresentações do 57º Festival de Parintins, promovido pelo Governo do Amazonas, o Boi Garantido encerrou a festa levando o tema ‘A Cidade de Lindolfo’, como parte do projeto ‘Segredos do Coração’. Este ano, as apresentações acontecem nos dias 28, 29 e 30 de junho. 

Dentro do Bumbódromo, o boi vermelho e branco levou a materialização do sonho do criador. No conjunto do espetáculo, o cultivo da dança, do canto e da brincadeira de boi-bumbá foram apresentados para a galera, que foi ao delírio com os módulos alegóricos e itens. 

Para membro da Comissão de Artes do Garantido, Rivaldo Ferreira, a primeira noite foi um momento de resgate da identidade do boi vermelho e branco. Neste segundo dia, o tema leva a todos para dentro da casa do fundador do bumbá: Lindolfo Monteverde.

“O Garantido é isso, o Garantido é emoção. Hoje, a apresentação nos remete a grande emoções, porque vamos contar a história de Lindolfo Monteverde e mostrar a cidade de Lindolfo, que é o berço sagrado de toda uma nação campeã”, destacou o membro da Comissão de Artes do Garantido, Rivaldo Ferreira.

Um dos grandes momentos da noite foi a aparição do icônico ‘Belezão’, um Boi Garantido gigante, que solta uma essência de patchouli pela arena. O apelido surgiu na sua primeira aparição, em 1985, quando o bumbá apareceu majestoso na arena e fez a galera o apelidar de ‘Belezão’. A última aparição dele foi em 2018. 

Outro esperado momento foi a aparição da sinhazinha do Boi Garantido, que surgiu de dentro de uma alegoria representando o coração, símbolo do bumbá vermelho e branco. Valentina Coimbra, representante do item 7 do Festival de Parintins, falou sobre a preparação para este ano.

“É uma apresentação linda. A gente se dedica o ano todo para chegar nesse momento e executar um bom trabalho. Ontem foi o primeiro dia, aquela quebra de gelo, então a segunda e a terceira noite é mais para brincar, mas também com muita seriedade. A noite do ano passado tivemos surpresas na apresentação e esse ano também”, disse a sinhazinha do Boi Garantido, Valentina Coimbra.

No meio da galera, representante do item 19 do Festival de Parintins, estava a Elisângela Sena, 48, que é perreché desde criança, mas só conseguiu vir ao festival este ano. Para ela, ver de pertinho o seu bumbá representou uma grande emoção.

“É algo genial e espetacular, não tem como explicar. Era um sonho muito antigo, que eu tinha há mais de 10 anos, mas eu não conseguia conciliar as férias. Esse ano deu tudo certo. Tem que pular muito, cantar, dançar, vibrar mesmo!”, disse a torcedora do Boi Garantido, Elisângela Sena.

57º Festival de Parintins

O Festival de Parintins é realizado no último final de semana de junho. Neste ano, o evento ocorre nos dias 28, 29 e 30 de junho. As ações do Governo visam fortalecer a promoção cultural, o turismo, a sustentabilidade, além de ações na segurança, fiscalização de embarcações e o combate à violação de direitos humanos.

Compartihe:

Você também pode gostar