13 de julho de 2024

Escritor lança biografia da artista amazonense Ednelza Sahdo com apoio da Prefeitura de Manaus

A biografia autorizada intitulada “Ednelza Sahdo – A dama do Teatro, do Carnaval e da Cultura Amazonense” será lançada no dia 5 de julho, no Teatro da Instalação. A Prefeitura de Manaus, por meio do Conselho Municipal de Cultura (Concultura) – gestor do Fundo Municipal de Cultura (FMC) –, e o Ministério da Cultura (MinC) possibilitaram a publicação do livro.

O projeto inédito foi contemplado pela Lei Paulo Gustavo (LPG), do Governo Federal, por meio do Edital de Chamamento Público nº 005/2023 – Concurso Prêmio Manaus Identidade Cultural Demais Linguagens, gerido pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura).

Em visita à sede do Concultura, o autor, Adailson Veiga, entregou exemplares da obra ao presidente do Concultura/FMC, Neilo Batista e ao vice-presidente, Carlos Guedelha. Na oportunidade o ator, diretor e escritor convidou os dirigentes para o lançamento da obra.

O presidente do conselho, Neilo Batista, considera a obra das mais relevantes no registro das personalidades manauaras e sua atuação nas artes. “A obra do Adailson é um registro maravilhoso e emocionante que retrata a grandiosidade da dama do teatro não só amazonense, mas do Brasil, a eterna Ednelza Sahdo”, ressaltou Neilo.

Segundo o autor Adailson Veiga, a importância do registro impresso sobre nossa cultura contribui de maneira direta para a preservação da memória, da nossa história cultural com nossos personagens importantes, como Ednelza Sahdo entre outros baluartes da cultura amazonense. “Fico muito feliz e esperançoso com as atuais políticas culturas advindas dos governos federal e municipal, isso gera emprego e aquece a economia criativa. Projetos culturais importantes são executados enriquecendo as artes da nossa região”, comentou Veiga.

A primeira tiragem totaliza 200 exemplares que serão distribuídos ao público durante o lançamento, e distribuídos nas principais bibliotecas públicas de Manaus.

A obra

Iniciada em 2015, um ano após Ednelza ter sido homenageada pelo Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba A Grande Família, o livro retrata desde a infância da atriz à carreira no teatro e televisão, sua relação com as artes, passando pela dramaturgia à paixão pelo carnaval. Autor da obra e amigo pessoal de Ednelza, Adailson contou que todo o processo de criação da biografia foi acompanhado e aprovado pela artista, que faleceu em novembro de 2022.

“Ednelza foi minha inspiração artística, quando a conheci em 1988. Ela me dirigiu no espetáculo ‘Nós Medeia’, de Zé Maria Pinto, em 2011, foi minha grande amiga e confidente”, compartilhou o autor da biografia.

Adailson contou que, para a obra biográfica, foram realizadas entrevistas com a própria Ednelza Sahdo, com os filhos, amigos, artistas, autoridades, dirigentes de escolas de samba, além de muita pesquisa bibliográfica.

“Com Ednelza foram mais de dez entrevistas em vídeo. Pesquisei material fotográfico e jornalístico, busquei histórias da família, pesquisei sobre a migração dos Isaac Sahdo, da Síria para o Amazonas. Além de pesquisas junto aos arquivos da Federação de Teatro do Amazonas (Fetam); Arquivos do Sergio Cardoso e do Márcio Souza (escritores), entre outras fontes”, detalhou Adailson.

Vida e Obra

Ednelza Sahdo foi uma atriz, cantora e diretora que se eternizou como a “Dama do Teatro Amazonense”, sendo referência para diferentes gerações de artistas, seja no teatro, no carnaval, se tornando símbolo da cultura amazonense.

A biografia da artista será dividida em 14 capítulos e tem como principal objetivo contribuir com o processo de resgate, registro e construção identitária do teatro e da cultura amazonense, tendo como ponto de reflexão a trajetória artística de Ednelza Sahdo e sua importância para o processo da memória do teatro e da cultura amazonense.

“Desejo com esta obra imortalizar a memória e a obra de Ednelza Sahdo, inspirar para que outros ‘Adailsons’ possam contribuir com a cultura amazonense com legados e obras de outras ‘Ednelzas’”, afirmou o autor.

Sobre o autor

Adailson Feitoza Veiga é ator, diretor e produtor de teatro, possui Mestrado em Ciências e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Pará (UFPA). É Especialista em Gestão de Pessoas pela Universidade Cândido Mendes (Ucam/RJ). É Especialista em Neuropsicopedagogia pelo Centro Universitário Cidade Verde (UNICV/PR). Possui Bacharelado em Administração de Empresas pela Universidade Paulista (Unip/AM), possui Licenciatura em História pelo Centro Universitário Cidade Verde (UNICV/PR).

É professor universitário e gestor de pessoas. Iniciou sua carreira no teatro em 1994, no Grupo de Pesquisas Cênicas do SESC, dirigido por Chico Cardoso. Frequentou o Curso Técnico em Artes Cênicas pelo Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas (Caua), em 1995. Além do Grupo de Pesquisas Cênicas do SESC, atuou na “Cia de Teatro A Rã Qi Ri” e na “Cia de Teatro Metamorfose”. Em 1996, fundou a “Cia Teatral Azuarte”, onde passou a dirigir e produzir seus próprios espetáculos.

Compartihe:

Você também pode gostar

Camila Pudim lança “Divertidamente Makeup” em duas línguas e alcança mais de 40 milhões de visualizações em 24 horas

Famosos
12 de julho de 2024