Assembleia renova pedido de intervenção na saúde do Amazonas

m Carta Aberta, divulgada na manhã deste domingo (26), a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) reforçou recomendações dos Ministérios Públicos Federal (MPF), do Trabalho (MPT) e do Amazonas (MP-AM) feitas ao Governo Federal sobre fiscalizar as ações de atendimento à população acometida pelo coronavírus (Covid-19) e renovou o pedido de intervenção na saúde do Amazonas.

Entre as recomendações estão a fiscalização das ações do Governo do Amazonas no combate a pandemia e auditoria nos contratos e recursos aplicados.

“O que nos deixa com o sentimento de dever cumprido é que os motivos citados na manifestação dessas instituições são exatamente os mesmos apresentados no nosso pedido de intervenção federal aprovado pela Assembleia Legislativa do Amazonas e entregue ao presidente Jair Bolsonaro”, afirmam os parlamentares no documento.

A Carta Aberta, assinada por 13 deputados (os mesmos que assinaram o primeiro pedido de intervenção), cita que “há claros indícios de malversação do erário com a compra de equipamentos inadequados por valores 300% acima do mercado” sem justificativa.

A carta aberta foi enviada ao Ministério da Saúde, Ministério da Justiça e Ministério da Defesa. Leia o documento completo:

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Você também pode gostar: