13 de julho de 2024

Cooperação entre Governo do Amazonas e Embrapa busca garantir segurança alimentar na estiagem deste ano

Vice-governador Tadeu de Souza busca novas parcerias entre o estado e órgão federal diante dos extremos climáticos

O Governo do Amazonas e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) deram início ao alinhamento de novas parcerias institucionais, com o uso de soluções tecnológicas a curto prazo e de baixo custo, para garantir a segurança alimentar das populações que poderão ser as mais afetadas pela estiagem deste ano, prevista para ser tão ou mais intensa que a de 2023.

Nesta quarta-feira (19/06), o vice-governador Tadeu de Souza conduziu uma reunião sobre a cooperação com dirigentes e pesquisadores da Embrapa, sediada na rodovia AM-010. De acordo com o vice-governador, a mobilização junto ao órgão federal integra um esforço conjunto com o governador Wilson Lima na antecipação das medidas necessárias para mitigar os efeitos dos extremos climáticos no estado.

“O governador Wilson Lima tem intensificado as agendas em Brasília no sentido de agilizar as ações. Todos os planos de operação já foram apresentados aos ministérios, mas para vencer esses desafios, mais que nunca, é necessário que a gente fortaleça essas conexões do governo estadual com o governo federal, o que estamos fazendo aqui”, salientou Tadeu de Souza.

Entre as medidas acertadas está o aperfeiçoamento de acordos de cooperação técnica já existentes com a Embrapa, abrangendo novas oportunidades de atuação. As parcerias são executadas pelas Secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e de Produção Rural (Sepror) e pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam).

Soluções

Durante a reunião, os pesquisadores da Embrapa apresentaram soluções tecnológicas de baixo custo e técnicas que podem colaborar para a produção a curto prazo de alimentos biofortificados e adaptados às condições climáticas. Um exemplo é o feijão-caupi, um cultivo de grãos com teores elevados de ferro e zinco.

Os cientistas também expuseram à comitiva governamental novas soluções agrícolas para as cadeias produtivas do açaí, batata doce, milho e mandioca, além de projetos que envolvem a produção de carne e de peixe de forma sustentável, ocupando menos áreas e sem promover o desmatamento. 

O chefe-geral da Embrapa Amazônia Ocidental, Everton Rabelo, destacou a importância da cooperação com o Governo do Estado diante do cenário de cheia e seca dos rios amazônicos, agravado pelas mudanças climáticas globais.

“Sem o Governo do Amazonas, nós não faríamos muitas das ações que nós fazemos. Então, é o compromisso que a Embrapa tem com a produção sustentável, com a segurança alimentar dos povos amazônicos. É muito importante ver o vice-governador Tadeu de Souza trazendo para nós possibilidades de novas parcerias e parcerias que vão manter a qualidade de vida do nosso povo”, declarou. 

Financiamento 

Também presente à reunião, o diretor-presidente da Agência de Fomento do Estado (Afeam), Marcos Vinicius de Castro, afirmou que o órgão possui recursos financeiros para dar apoio aos produtores rurais e demais empreendedores que apresentem projetos sustentáveis.

“Nós vamos apoiar todos esses projetos e a Agência de Fomento tem recursos para isso. É importante destacar a missão da Afeam, que é promover o desenvolvimento sustentável do nosso estado por meio de ações de crédito”, frisou. 

Além do vice-governador e do titular da Afeam, também participaram da reunião a secretária executiva de Relações Institucionais da Sedecti, Tayana Rubim, e o coordenador do Núcleo Estadual de Fronteira (Niffam), Guilherme Villagelim.

Pelo Idam, estiveram o diretor de  Planejamento, Victor Góes; o gerente de Produção Vegetal, Luiz Herval; e a assessora de Planejamento, Lucelisy Borges.  Representando a Sepror, o chefe de departamento da Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura, Márcio Pinheiro, e a gerente do Departamento Técnico da Secretaria Executiva Adjunta de Política Agrícola, Pecuária e Florestal, Waldéia Garcia. 

Compartihe:

Você também pode gostar

Camila Pudim lança “Divertidamente Makeup” em duas línguas e alcança mais de 40 milhões de visualizações em 24 horas

Famosos
12 de julho de 2024