26 de janeiro de 2021

Governador anuncia decreto que proíbe circulação de pessoas entre 19h e 6h em Manaus

Todas as atividades, exceto serviços essenciais para a vida, também estarão proibidas de abrir. Capital enfrenta colapso no sistema de saúde por conta de novo surto da Covid.

O governador Wilson Lima anunciou, nesta quinta-feira (14), um decreto que proíbe a circulação de pessoas em Manaus entre 19h e 6h. Todas as atividades, exceto serviços essenciais para a vida, também estarão proibidos de abrir. A medida deve valer a partir da publicação do decreto, prevista ainda para esta quinta.

A capital amazonense enfrenta um colapso no sistema de saúde por conta do avanço dos casos de Covid-19, e sofre com hospitais e cemitérios lotados, além de falta de oxigênio nas unidade. Até esta quarta (13), mais de 5,8 mil morreram com Covid no estado.

De acordo com Wilson Lima, dentre as novas medidas de restrição contra a Covid, estão:

  • suspensão do transporte coletivo de passageiros entre rodovias e rios do estado;
  • fechamento de todas as atividades e circulação de pessoas entre 19h e 6h;
  • farmácias devem funcionar, entre 19h e 6h, por delivery ou sob demanda;
  • circulação de pessoas só será permitida, entre 19h e 6h, para quem trabalha em áreas estratégicas: saúde, segurança pública, imprensa.

Ainda segundo governador, o Estado estrou com uma ação na Justiça para que a empresa fornecedora de oxigênio garanta o abastecimento nas unidades de saúde em quantidade suficiente para atender a todos.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp