14 de julho de 2024

No Careiro da Várzea, 6ª edição do festival “Vozes da Várzea” revela talentos musicais da rede estadual de ensino

Iniciativa contou com a apresentação de estudantes de todas as escolas estaduais do município

Mais de 400 pessoas participaram da 6ª edição do “Vozes da Várzea”, evento cultural de música desenvolvido pelas seis escolas da rede estadual do Careiro da Várzea (a 25 quilômetros de Manaus), que aconteceu na última quarta-feira, 29/05. Nesta edição, 25 alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio se apresentaram. A anfitriã do concurso foi a Escola Estadual (EE) Tancredo de Almeida Neves.

Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, por meio da Coordenadoria Regional de Educação do Careiro da Várzea, desde 2016, o tema escolhido para este ano foi “O Nordeste dá o tom”, com apresentações temáticas nordestinas. Durante os primeiros meses de 2024, as próprias escolas realizaram as seletivas, que definiram os representantes a se apresentarem no grande dia do evento.

O evento foi dividido em quatro categorias, sendo elas: “Música Cristã Infantojuvenil”, para alunos de 7 a 13 anos; “Música Cristã Livre”, para alunos acima de 14 anos, além das categorias “Música Secular Infantojuvenil e Livre”. No total, foram doze alunos premiados.

Emoção 

Com a presença do corpo docente, alunos e famílias, o “Vozes da Várzea” também foi um momento de muita emoção para a secretária de Educação, Arlete Mendonça. A secretária morou desde os seis anos de idade no município, e estudou todo o seu Ensino Fundamental e Médio nas escolas EE Tancredo Neves e Coronel Fiúza, respectivamente. 

“Para mim, é um momento de muita alegria e satisfação contemplar o ‘Vozes da Várzea’. A educação é arte, é cultura, é talento. É um evento que mobilizou muitas pessoas. É muita emoção voltar aqui, onde não só fui aluna, como também fui professora”, destacou a secretária de Educação. 

Já para a secretária executiva adjunta do Interior, Ana Maria Araújo, também presente no evento, o “Vozes da Várzea” representa uma data consolidada. 

“Venho aqui todos os anos. Desde 2016, ele vem descobrindo talentos. É muito importante termos festivais de música e dança, e queremos ter isso em todos os municípios”, enfatizou Ana Maria. 

EE Tancredo Neves em festa

Todos os anos, é selecionada uma unidade escolar diferente para recepcionar os participantes do “Vozes da Várzea”. Nesta edição, a EE Tancredo Neves foi a escolhida para receber os estudantes. A instituição completou o ciclo de escolas anfitriãs nesta 6ª edição. 

“É uma responsabilidade muito grande receber o Vozes da Várzea, mas também é muita emoção. O evento é organizado por todas as escolas junto da coordenadoria, e exige muita preparação. Reunimos com gestores, professores responsáveis. É uma grande movimentação entre todos”, compartilhou a gestora da escola anfitriã, Iollanda Migueis. 

O festival também contou com a apresentação de dança do grupo “Tancredo Show”, composto por estudantes da unidade de ensino. Com muito xote, os alunos deram abertura à 6ª edição do Vozes da Várzea.

Participação 

Entre os 25 cantores participantes, nem mesmo aqueles que vieram das comunidades mais distantes desanimaram da festa. Esse foi o caso da aluna Rhayssa Lira, discente da EE Tibúrcio Alves Mogeiro. A unidade de ensino fica na comunidade do Parauá, a mais distante da sede do município, a cerca de duas horas de embarcação.

Rhayssa foi a campeã na categoria “Música Secular Livre”, interpretando a canção “Anunciação”, do artista nordestino Alceu Valença. A aluna contou que a rotina de treinos foi intensa.

“A preparação foi bastante legal. A gente ia para a escola no contraturno. Ensaiamos muito. Fiquei bastante nervosa”, ressaltou a aluna. 

O festival envolve o corpo docente, as famílias e as comunidades, e também alcança estudantes da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). Aluna da EJA da EE Alberto Santos Migueis, Evelyn Simeão, foi a grande vencedora da categoria “Música Gospel Livre”. 

“Foi a segunda vez que participei do ‘Vozes da Várzea’. Na primeira vez, fiquei na segunda colocação, e, agora, ensaiei bastante, me esforcei e fui a vencedora. Estou muito feliz!”, finalizou Evelyn. 

Escolas Participantes 

EE Alberto Santos Migueis

EE Tibúrcio Alves Mogeiro 

EE Tancredo de Almeida Neves 

EE Coronel Fiúza 

EE Antônio Ferreira Guedes 

EE Vital de Andrade Brandão 

Compartihe:

Você também pode gostar