13 de julho de 2024

Prefeitura pede ajuda financeira do Estado e da União para retirar flutuantes do Tarumã-Açu em Manaus

A Prefeitura de Manaus pediu ajuda financeira do governo do estado e do governo federal para retirar os flutuantes da Orla do Tarumã-Açu, na Zona Centro-Oeste da capital amazonense. O pedido foi feito na quinta-feira (20).

Em maio, a justiça determinou a retomada da ordem de remoção e desmonte dos flutuantes após um imbróglio, em março, ter suspendido a execução da medida.

Agora, em um ofício anexado ao processo que discute o caso, a prefeitura explicou que ocorreram intercorrências na operação de retirada, e que causaram um atraso na mesma.

“O Município acabou por assumir integralmente o ônus financeiro da operação, tais como as despesas diretas dos equipamentos, aluguéis, alimentações, transportes e combustíveis de todo o pessoal envolvido, inclusive do Estado e da União”, disse o procurador-chefe do município, Thiago Calandrini de Oliveira dos Anjos.

Ainda segundo a administração municipal, com o avanço da operação e com a inevitável retirada e desmonte das estruturas, haverá um impacto financeiro no orçamento do município, sendo necessário ajuda de outros entes estatais.

“O Município requer que, com base na cooperação entre os entes financeiros, haja o apoio financeiro dos demais entes, Estado e União, na ajuda com combustível, alimentação, transporte, e demais custos inerentes ao exercício da função dos seus respectivos servidores”, finalizou.
A Justiça mandou que o Ministério Público se manifeste sobre o pedido da prefeitura da capital no prazo de 5 dias.

Compartihe:

Você também pode gostar

Camila Pudim lança “Divertidamente Makeup” em duas línguas e alcança mais de 40 milhões de visualizações em 24 horas

Famosos
12 de julho de 2024