17 de julho de 2024

Brucelose: Segunda etapa da campanha de vacinação inicia hoje no Amazonas, alerta Adaf

Etapa segue até o dia 30 de novembro e contempla bezerras, bovinas e bubalinas, de 3 a 8 meses de vida

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) informa aos criadores de bezerras, bovinas e bubalinas, na faixa etária de 3 a 8 meses, que a segunda etapa da campanha de vacinação contra a brucelose inicia hoje (1º/07), em todo o Amazonas. A autarquia reforça ainda que a imunização é proibida em machos de qualquer idade.

Os pecuaristas que tenham animais aptos à vacinação devem procurar um médico veterinário ou auxiliar cadastrados junto à Adaf, para que realizem a aplicação da vacina. Por ser produzido a partir de bactéria atenuada, apenas profissionais habilitados têm autorização para manipular o imunizante, evitando contaminações.

Realizada a vacinação, o produtor deverá comparecer ao escritório da autarquia onde a propriedade está cadastrada e realizar a notificação. A comunicação é feita mediante a apresentação do atestado de vacinação e da nota fiscal da compra da vacina. 

A vacina B19 pode ser adquirida pelos produtores junto às revendas agropecuárias cadastradas junto à Adaf. A vacinação contra a brucelose é realizada uma única vez e é válida para a vida toda do animal.

A brucelose é uma doença causada por bactéria, que pode afetar diversas espécies e ser transmitida a humanos. A contaminação pode ocorrer tanto pelo contato direto com animais infectados e suas secreções, como pela ingestão de leite cru e queijo oriundos de leite não pasteurizado. Por isso, a Adaf reforça a importância da imunização do rebanho, que segue até o dia 30 de novembro.

A proteção de bezerras, bovinas e bubalinas, da brucelose é uma das diretrizes do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose Animal (PNCEBT), programa do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), e tem o objetivo de diminuir o impacto negativo dessa doença na saúde humana e animal, além de promover a competitividade da pecuária nacional. A meta estabelecida pelo Mapa é de que no mínimo 80% das bezerras sejam vacinadas.

Compartihe:

Você também pode gostar

Influente congressista democrata, Adam Schiff pede a Biden que desista de se candidatar a presidente dos EUA

Internacional
17 de julho de 2024