Secretário de saúde do AM pede atenção aos protocolos sanitários durante jogo do Brasil em Manaus

O secretário de saúde do Amazonas, Anoar Samad, pediu atenção da população em relação aos protocolos sanitários contra a Covid-19 durante o jogo entre Brasil e Uruguai. A partida está marcada para esta quinta-feira (14), na Arena da Amazônia, e é considerada um evento teste do Governo do Estado. Cerca de 14 mil pessoas devem assistir à partida.

“Peço às pessoas que vão ao jogo, que respeitem os protocolos. Tem álcool em gel para todo mundo, tem que usar máscara e também não aglomerar. Temos que ter certeza que podemos avançar com esses eventos”, pediu.

O secretário explicou que o evento só é possível devido ao avanço da vacinação no estado. No entanto, dados do Consórcio de Imprensa, mostram o Amazonas ainda não tem sequer 40% da população com o esquema vacinal completo, ou seja, com as duas doses do imunizante ou com a dose única da Janssen. Mas, Samad garantiu que os protocolos estão sendo seguidos e as pessoas monitoradas.

“É muito importante que se entenda que esses eventos testes só estão sendo possíveis porque estamos avançando e muito na vacinação. Sem a vacina não conseguiríamos retornar a qualquer evento e muito menos um evento tão grande como esse. Fizemos o show e depois fizemos os seguimentos pós-show por 14 dias, como mandam os protocolos, e a conclusão foi de que o show não teve nenhum qualquer tipo de contaminação, não influenciou em nada na transmissão da Covid”.

Por fim, o secretário também pediu que as pessoas não se esqueçam que a pandemia ainda não acabou. Por isso, é importante manter os cuidados tanto nos eventos testes, quanto no dia a dia, para que o estado não volte a ter indicadores em alta de transmissão, casos e óbitos.

“A pandemia não acabou. Como o nome já diz, são eventos testes. O normal ainda não voltou. Pode ser até que tenhamos um novo normal no futuro. Mas ainda existem restrições, as pessoas se aborrecem, mas existem restrições que precisam ser feitas para a segurança de todos”.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp