Com aumento de casos de covid-19, governo do AM suspende funcionamento de estabelecimentos

Após números da Covid-19 terem apontado uma tendência de crescimento de casos da doença, o governador Wilson Lima, anunciou na manhã desta quinta-feira (24), durante live, que balneários, flutuantes, praias, casas de show e aluguel de sítios estão proibidos de funcionar pelos próximos 30 dias no Amazonas. Lima disse que há um grupo de pessoas que “fica querendo que o governo do estado não abra as escolas, mas que deixe o balneário, a balada abertos”. “Isso eu não vou fazer”.

“Temos observado nos últimos dias uma tendência de aumento nos casos de Covid. Esses casos estão surgindo principalmente nas classes A e B e resultam de aglomerações que estão ocorrendo de forma indiscriminada em balneários e casas de show”, disse o governador.

Os que funcionam de forma principal como restaurantes, terão limite de funcionamento até 22h, horário que também se estende para lojas de conveniência.

Lima ainda destacou que no último final de semana foram fechados 2 estabelecimentos que juntos reuniam em torno de 7 mil pessoas, ”é esse tipo de conduta que tem causado o aumento de casos, e não a abertura de escolas”. “É o copo da balada que passa de boca em boca, a aglomeração sem cuidados,o não uso de máscaras, e não os estudantes”, concluiu.

Durante o anúncio do decreto, Lima também pediu ajuda da população para que realizem denúncias de aglomerações e outras irregularidades ao número 190.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp