Centro de Formação da Vila abre inscrições para curso sobre educação antirracista

Formação tem o intuito de aprofundar o entendimento e as práticas pedagógicas que combatam o racismo na educação

O Centro de Formação da Vila, instituição que faz parte da Bahema Educação, promove, de março a setembro de 2024, o curso Entre o Remendar e o Tecer: Costura de Pensamentos e Práticas para uma Educação Antirracista. Com uma proposta pioneira no tema, que une a formação teórica e prática, o curso integra palestras, aulas síncronas, atividades assíncronas e uma experiência imersiva, que será realizada em Salvador (BA), incluindo a vivência em oficinas e rodas de conversa, além de visitas a diferentes escolas e organizações de referência em educação antirracista na capital baiana. As atividades de reconhecimento de espaços, com visitas guiadas, deverão contar a história das contribuições dos povos africanos e afro-brasileiros para a construção do país.

O objetivo da formação é fornecer subsídios teóricos e práticos a educadores para a implementação efetiva e eficaz da Lei 10.639/03, por meio da partilha e construção de recursos e práticas pedagógicas que permitam a reparação racial curricular e forjem de maneira legítima uma educação antirracista nos contextos intra a extraescolar. Espera-se que, ao final do percurso, os educadores tenham repertório de reflexões e práticas para racializar escolhas pedagógicas, bem como conheçam e compreendam os conceitos que estruturam e fundamentam as práticas de educação antirracista.

A formação tem coordenação da professora doutora Cléa Maria da S. Ferreira. Participam do curso palestrantes e formadoras renomadas em educação antirracista, como as professoras Eliane Cavalleiro, Rosa Margarida de Carvalho, Fátima Santana, Taísa Ferreira e Clarissa Brito.

Ao todo, o curso é dividido em quatro módulos formativos. A formação começa com o módulo “A sociedade, a escola e o racismo: problema negro ou problema branco?”, seguido dos módulos “Os desafios e as possibilidades da construção de práticas afrorreferenciadas na escola” e “Crianças e jovens curriculantes e a prática pedagógica antirracista na escola”.  O programa traz, então, uma imersão em Salvador, que consiste na realização de oficinas pedagógicas, visitas a organizações de educação formais e não formais (públicas e privada) que desenvolvem trabalhos de referência na promoção da educação para as relações étnico-raciais, além de atividades culturais que promovem a ampliação de repertório sobre as contribuições do povo negro para a formação social, política, científica, econômica e cultural do Brasil. Por fim, depois da imersão, o curso se encerra com o módulo “Caminhos para uma práxis antirracista de orientação construtivista”.

Serviço

Curso “Entre o Remendar e o Tecer: A Costura de Pensamentos e Práticas para uma Educação Antirracista”

Período: de 27 de março a 18 de setembro

Inscrições e para mais informações, clique aqui.

 

Compartihe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
E-MAIL

Veja também: