Distrito Industrial já ganha ‘nova cara’ com avanço das ações de paisagismo e urbanismo da prefeitura

As rotatórias e canteiros do Distrito Industrial já ganham as cores dos jardins e o verde da arborização característicos das intervenções realizadas pela Prefeitura de Manaus, por meio da Comissão Especial de Paisagismo e Urbanismo. Entre as áreas com um novo visual estão a avenida Ministro João Gonçalves de Araújo e a rotatória do Armando Mendes. As ações se somam à revitalização viária do local que abriga o Polo Industrial de Manaus (PIM).

“As obras de paisagismo estão mudando o visual da nossa cidade, deixando-a mais urbana e mais bonita. É uma grande satisfação ver o nosso polo industrial recuperar o aspecto de cartão-postal e, como madrinha do PIM, assumi o compromisso de fortalecer as ações de melhorias viárias, já́ realizadas pela prefeitura, sob o comando do prefeito Arthur Virgílio Neto, em parceria com a Suframa, mapeando pontos estratégicos para receberem paisagismo, além de melhorias em meios-fios e calçadas”, destacou a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, que preside a comissão de paisagismo e urbanismo.

Na avenida Ministro João Gonçalves de Araújo, em frente à sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), a área trabalhada tem aproximadamente 6 mil metros quadrados, com dois canteiros laterais e um central, que receberão aproximadamente 5 mil mudas, entre espécies arbóreas e ornamentais, e mais de 4,5 mil metros de grama esmeralda.

Já na rotatória do Armando Mendes, mais conhecida como bola da Samsung, onde as equipes já começaram a trabalhar desde a última quinta-feira, 29/10, a área tem, no total, 12 mil metros quadrados, compreendendo uma rotatória central e mais quatro canteiros triangulares, que deverão receber aproximadamente 8,5 mil mudas.

As ações estabelecem para cada um dos locais escolhidos um padrão específico de mudas ornamentais e arbóreas. Os projetos são executados conforme as extensões das áreas escolhidas, exigindo atenção especial aos detalhes como desenhos e combinação de cores. Os trabalhos incluem também a realização de escavações e os desenhos que dão forma aos canteiros.

“É um trabalho minucioso, com as equipes distribuídas nas áreas e equipamentos necessários para terraplanagem e abertura de covas”, explicou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Nelson de Oliveira Junior. Segundo ele, pelo menos 60% do trabalho já foi executado na área em frente à sede da Suframa. “Um relatório diário é produzido pela equipe responsável pela execução dos projetos, o que nos permite o acompanhamento dos serviços e o cumprimento dos prazos”, observou.

Outras áreas

Quem passa pela avenida São Jorge, nas confluências das avenidas Jacira Reis e Ipase, bairro São Jorge, zona Oeste, já contempla o padrão das intervenções em andamento pela cidade, com previsão de contemplar pelo menos 40 espaços. No local, há um conjunto de quatro canteiros centrais, com 1.350 mudas ornamentais plantadas ao longo de 1.100 metros quadrados de área permeável.

As próximas intervenções serão realizadas nas avenidas do Turismo, no Tarumã, com plantio de ipês e jardinagem na altura do hotel Ibis, e na avenida Cirilo Neves, que dá acesso à ponte Jornalista Phelippe Daou, popularmente conhecida como ponte Rio Negro, na Compensa, zona Oeste. Nesta última, serão realizados serviços de paisagismo e infraestrutura nas duas rotatórias de acesso à ponte.

“A intenção é avançarmos nas localidades previstas pela comissão a medida em que os trabalhos são executados gradativamente embelezando a cidade”, afirmou Antônio Nelson, acrescentando que entre as espécies ornamentais utilizadas nos projetos estão palmeiras arecas, assistasias, ixoras, dracenas vermelhas, durantas, além de mudas arbóreas de pau-pretinhos e ipês.

A Comissão Especial de Paisagismo e Urbanismo é composta por integrantes do Instituto Áquila e das secretarias municipais de Infraestrutura (Seminf), Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), de Limpeza Urbana (Semulsp), Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Comunicação (Semcom), de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc) e do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Fotos – Valdo Leão e Alex Pazuello / Semcom

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp