Mais uma polêmica! Jobson é encaminhado à delegacia por suspeita de tráfico de drogas

O atacante Jobson foi levado à delegacia de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, por suspeita de envolvimento em tráfico de drogas. O caso ocorreu na quinta-feira, dia 5, na região da Japuiba, durante uma ação da Polícia Militar, que investigava uma denúncia.

A PM esteve revistando uma casa e encontrou 16 trouxinhas de maconha e 12 pinos contendo pó branco. A ligação de Jobson à investigação partiu através de uma troca de mensagem com um dos homens que estavam no imóvel.

Ao chegar na região, o jogador foi abordado pelos policiais e encaminhado até a 166ª DP, mas foi liberado. Ele não estava com nenhuma arma ou droga, como era a suspeita da PM. Outras duas pessoas foram presas na operação policial.

Drogas apreendidas pela Polícia Militar de Angra dos Reis — Foto: Reprodução/PMERJ
Drogas apreendidas pela Polícia Militar de Angra dos Reis — Foto: Reprodução/PMERJ

Colecionador de polêmicas

Jobson começou a carreira no Brasiliense, em 2009.. Depois do clube do DF, o atacante passou por Botafogo, Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano e Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Nesse período, o jogador colecionou problemas por conta do uso de drogas.

Suspenso desde 2015 pela Fifa de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol até 31 de março de 2018, Jobson foi acusado pelo clube saudida de se recusar a fazer exame antidoping. Posteriormente, a Fifa deu validade mundial à pena que, de início, foi imposta pela Federação Saudita de Futebol.

Durante o período de suspensão, o nome do atacante foi envolvido em um caso de estupro de vulneráveis. Desde então, Jobson foi preso três vezes. Em junho de 2016, levado em cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça de Conceição do Araguaia, no interior do Pará. O caso começou a ser investigado quando uma das adolescentes, que diz ter sido abusada pelo jogador, procurou a polícia depois que uma foto dela foi parar em um grupo de troca de mensagens na internet. Jobson negou todas as acusações.

Jobson coleciona polêmicas na carreira — Foto: Reprodução TV Globo
Jobson coleciona polêmicas na carreira — Foto: Reprodução TV Globo

Em junho 2017, ele foi preso novamente após se envolver em um acidente de trânsito que causou a morte de um homem. Naquela ocasião, ele estava em liberdade condicional e voltou para a cadeia por ter saído da comarca sem autorização. Após mais de dois meses, ele pagou fiança e foi liberado.

Ele voltou a ser preso no dia 29 de setembro do mesmo ano. Desta vez, conforme o Tribunal de Justiça, ele voltou a sair do limite estabelecido, viajando para o Pará. A informação chegou à Justiça porque ele estava usando tornozeleira eletrônica.

Em 2019, acertou o retorno ao Brasiliense, mas acabou afastado do clube por problemas internos. No ano seguinte retornou ao Rio de Janeiro, onde tentou dar continuidade no estado onde ganhou destaque vestindo a camisa do Botafogo, só que dessa vez na Portuguesa.

Porém, a passagem pela Lusa durou pouco. O atacante teria ficado insatisfeito por não estar atuando. Lá, jogou apenas 45 minutos. Principal contratação da equipe para a temporada, Jobson atuou apenas no segundo tempo da partida com o Macaé, pela Seletiva do Estadual. Ele não vinha sendo relacionado para os jogos.

Fora da Lusa, foi contratado pelo Independente-PA. Foram apenas duas partidas, cerca de duas semanas no clube até ser dispensado por indisciplina depois de um vídeo viralizar mostrando ele bebendo em um karaokê na cidade de Tucuruí, interior do Pará.

A diretoria não aceitou o único vacilo de Jobson no clube, pois a atitude dele foi logo após uma partida pelo Campeonato Paraense em que o time saiu derrotado, onde ele perdeu um pênalti e foi expulso.

Carreira atual

A temporada de 2022 começou agitada para o atacante. Ele tinha um acordo para defender o Itupiranga no Campeonato Paraense, mas acabou acertando com o Sete de Setembro, de Pernambuco. Ele não ficou 10 dias na equipe, com uma suposta proposta do futebol paraguaio.

Atacante Jóbson chegou a treinar no Sete de Setembro — Foto: Reprodução
Atacante Jóbson chegou a treinar no Sete de Setembro — Foto: Reprodução

No dia 13 de janeiro, Jobson divulgou um vídeo dizendo que iria atuar pelo União Cacoalense, de Rondônia, onde já havia passado em 2021. Contudo, sete dias depois, foi anunciado no Sport Lagoa Seca para a disputa do Campeonato Paraibano. Ele fez cinco partidas e não marcou nenhum gol.

No segundo semestre do ano passado, o atacante teve destaque pelo Capixaba na Copa Espírito Santo, onde foi artilheiro com sete gols e eleito o craque da competição.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp