17 de julho de 2024

Na Arena da Amazônia, 3B vence Mixto (MT) e garante acesso a Série A1 do futebol feminino

O estado do Amazonas retorna à elite do futebol brasileiro após um jejum de quatro anos

A Arena da Amazônia foi palco do acesso histórico do 3B da Amazônia que venceu o Mixto (MT) nos pênaltis e colocou o estado do Amazonas de volta à elite do futebol brasileiro feminino. O time amazonense, que conta com o apoio do Governo do Estado empatou o jogo em 1 a 1 no tempo regular e decidiu a vaga nas penalidades máximas.

“Momento histórico para o futebol feminino do Amazonas, e o Governo do Estado por meio da Sedel tem dado todo apoio para essa modalidade e esse acesso do 3B já nos dar toda justificativa para investir ainda mais nos clubes femininos”, ressaltou o secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), Jorge Oliveira.

O representante amazonense chegou forte para o confronto após conquistar um empate sem gols no jogo de ida na casa do adversário. Mostrando habilidade e velocidade em campo, as Feras abriram o placar na Arena da Amazônia ainda no primeiro tempo de jogo, com gol de pênalti da capitã Gabi.

O time adversário que também buscava a vitória, no final do primeiro tempo balançou a rede, com gol de Rayla, camisa 9, ampliando tudo na partida. Mas, a equipe da casa administrou o jogo e nos pênaltis foi superior com a goleira Camila de Jesus, que defendeu duas penalidades, garantindo o acesso do time amazonense à elite do futebol.

“Todo trabalho duro tem a sua recompensa. A gente esperou muito por esse momento, eu tinha conversado com Deus que se a gente não ganhasse no tempo normal, que ele me desse a oportunidade de defender nos pênaltis”, disse Camila de Jesus.

Com o acesso garantido, os torcedores também ressaltaram a importância do novo momento que o futebol vive. “Eu tenho um grande orgulho do nosso futebol feminino, principalmente com o 3B e mais feliz ainda de saber que aqui na Arena da Amazônia será palco da Copa do Mundo Feminina de 2027”, destacou o torcedor Paulo Meireles.

Compartihe:

Você também pode gostar

Influente congressista democrata, Adam Schiff pede a Biden que desista de se candidatar a presidente dos EUA

Internacional
17 de julho de 2024