Estudo da OMS aponta ineficácia da hidroxicloroquina, remdesivir e de outros dois remédios contra Covid-19

Um estudo encabeçado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou que algumas medicações que vinham sendo avaliadas não fazem efeito contra o coronavírus. Segundo o Solidarity Therapeutics Trial, o remdesivir, a hidroxicloroquina, o interferon beta-1a e a combinação de lopinavir e ritonavir são ineficazes. O estudo é um ensaio randomizado, padrão ouro, com normas rígidas para coleta de evidências científicas. Ao todo, participaram 11.266 adultos em mais de 30 países.  Foram relatadas 1.253 mortes durante a pesquisa, e, de acordo com o estudo, os medicamentos “desempenharam pouco ou nenhum papel na redução da mortalidade ou tempo de internação pela Covid-19”.

A pesquisa ainda aguarda a aprovação de revistas científicas e revisão de outros especialistas.  No entanto, segundo a OMS, já foram produzidas “evidências conclusivas” sobre os medicamentos. Mesmo com a mobilização mundial, ainda não há comprovação de um remédio ou vacina eficaz contra a Covid-19. Em todo o mundo, já foram registrados mais de 38,8 milhões de casos da doença e mais de um milhão de mortes.

Copyright © Jovem Pan

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp