EUA liberam entrada de voos brasileiros, mas turismo continua suspenso

O governo norte-americano liberou, a partir desta segunda-feira (14/9), que voos com procedência de qualquer um dos 149 aeroportos do Brasil possam aterrissar nos Estados Unidos. A flexibilização da entrada de voos brasileiros, entretanto, não é válida para turistas.

Além do Brasil, os EUA relaxaram medidas de restrição que eram aplicadas a voos que saíssem da China — com exceção das regiões de Hong Kong e Macau —, do Reino Unido, da Irlanda, do Irã e de 26 estados da Zona de Schengen, na União Europeia.

Para ingressar no país a partir da validade das novas regras, a pessoa deve ser cidadã americana, ter green card, visto de residente, de trabalho ou especial. A liberação da entrada de turistas está prevista no próximo passo dentro do plano de controle da Covid-19.

Os passageiros que pousarem nos Estados Unidos passarão por inspeção de saúde e deverão cumprir todos os protocolos de proteção e higiene.

Copyright © Metrópoles

 Foto: David Zalubowski/AP/Arquivo

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp