27 de fevereiro de 2021

Cantor Gusttavo Lima envia cilindros de oxigênio para Manaus

O cantor sertanejo Gusttavo Lima postou na manhã deste sábado (16) em suas redes sociais uma imagem de um Boeing carregado com cilindros de oxigênio doados, com destino à cidade de Manaus. De acordo com o artista, foram embarcados 150 cilindros. 

“Carga feita… Um Boeing lotado de OXIGÊNIO com destino a Manaus!!!”, escreveu Lima em publicação em sua conta no Twitter neste sábado. Na sexta, o artista já havia informado aos seguidores que estava fazendo os arranjos para o envio da carga. 

“Estamos desenhando toda a logística e sábado estará chegando em Manaus 150 CILINDROS de OXIGÊNIO”, escreveu. 

Diversos artistas e famosos se manifestaram nos últimos dias informando que fariam doações e ajudariam a capital amazonense, que vive um novo colapso de seus hospitais enquanto os números de infectados por coronavírus no estado batem novos recordes. 

Nos últimos dias, tanto pacientes internados por conta da Covid-19 quanto por outras doenças passaram a sofrer com a falta de oxigênio nos estabelecimentos de saúde da capital. 

Na sexta (15), o comediante Whinderson Nunes informou que providenciou 20 cilindros de 50 litros do material para Manaus e conclamou os colegas a ajudarem também. Tata Werneck, Simone, Tierry, Tirullipa e Wesley Safadão são alguns que, de acordo com Nunes, colaboraram com mais doações de cilindros de oxigênio.

Paulo Coelho e Luciano Huck são outros que também se manifestaram e afirmaram que fariam doações. Em post em sua conta, o apresentador Luciano Huck destacou as complexidades e dificuldades logísticas para que os cilindros doados cheguem ao destino.  

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Belo é preso 4 dias após show em escola no Complexo da Maré

Cantor, sócios de produtora e chefe do tráfico do Parque União foram alvo de operação da Delegacia de Combate às Drogas. Artista é investigado por apresentação apesar das proibições devido à pandemia; polícia também apura invasão à escola onde houve o evento.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp