Exclusão de foto foi estopim para Harry deixar família real

A retirada de uma foto de Harry, Meghan e Archie do tradicional pronunciamento de fim de ano da rainha Elizabeth, em 2019, pode ter sido o estopim que levou o casal a deixar a família real em janeiro de 2020.

A novidade é contada em “Brothers and Wives: Inside the Private Lives of William, Kate, Harry and Meghan” (Irmãos e Esposas: por dentro das vidas privadas de William, Kate, Harry e Meghan, em tradução livre), novo livro de Christopher Anderson sobre a família real, que será lançado na terça feira, dia 30 de novembro.

Segundo informações do site Page Six, o livro conta que a rainha “olhou as mesas onde as fotos que ela selecionou com tanto carinho estavam dispostas”, até que a própria disse que “todas estavam boas, menos uma” e disse “acho que não precisamos desta”, referindo-se a foto de Harry com sua mulher e filho.

A exclusão feita pela rainha teria sido uma forma de vingança por Harry escolher passar o Natal com sua esposa, filho e sogra no Canadá, em vez de no Reino Unido.

Segundo o livro, depois de saber da exclusão e assistir o pronunciamento da Rainha, William ficou assustado e comentou com Kate que Harry ficaria furioso.Christopher Anderson escreve que a situação fez Harry confidenciar a um amigo que ele “sentia como se ele, Meghan e Archie estivessem sendo apagados da família”.

Um mês depois, ele e Meghan anunciaram o afastamento da família real, que ficou conhecido como “Megxit” na imprensa inglesa.

Procurado pela publicação, uma porta voz da rainha disse “Não comentamos livros desse tipo, pois isso corre o risco de dar a eles alguma forma de autoridade e credibilidade.” O porta voz de William e Kate também foi procurado, e decidiu não comentar.

CASO DE RACISMO

O site também divulgou que o livro afirma que príncipe Charles questionou o tom de pele do neto. O autor Christopher Anderson diz que a conversa se deu em novembro de 2017, no dia em que o noivado de Meghan e Harry foi anunciado.

“Eu me pergunto como serão as crianças?” teria dito o príncipe Charles a sua esposa Camilla. Segundo Anderson, ela teria ficado surpresa e respondido “Absolutamente lindas, tenho certeza”.Diante da resposta, que ele não teria escutado, Charles teria insistido com o questionamento: “Quero dizer, qual você acha que será o tom de pele deles?”, tendo em vista que Meghan é negra.

Ao The New York Post, o porta-voz do palácio negou as acusações.” Isso é ficção e não merece mais comentários”.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp