Neurologista explica diagnóstico recebido por Virginia. Saiba tudo!

Após dois dias internada, Virginia Fonseca, enfim, teve suas dores de cabeça diagnosticadas. Por meio de boletim médico, o hospital em que a influenciadora está informou à imprensa que Virginia sofre de cefaléia refratária. Mas o que significa estar com essa condição? Para entender o que é, a coluna Leo Dias conversou com o neurocirurgião do hospital Albert Einstein, Wanderley Cerqueira.

O médico explicou que a cefaléia refratária se trata de dores de cabeça comuns, porém constantes, que possuem um difícil tratamento: “Cefaléia refratária, como o nome fala, é aquela de difícil tratamento imediato. É aquela que você medica o paciente e ele sempre continua com aquela dor, ou uma dor menor ou uma dor mais persistente”.

O neurologista contou que o fato de Virginia ser gestante dificulta o tratamento, uma vez que a influenciadora não pode consumir qualquer tipo de medicação: “É aquela paciente que, às vezes, não podemos dar as medicações ideais porque senão a medicação vai passar pela placenta e afetar o feto”.

Apesar de se tratar de dores constantes e com um difícil tratamento, Cerqueira deixou claro que a condição de Virginia não chega a ser preocupante e incomum: “Não é preocupante, desde que você faça todos os exames e não seja constatada uma lesão estrutural, uma lesão no cérebro como um tumor, por exemplo. Se não é o caso do paciente, não é testando remédios (que se resolve), é ver qual a melhor resposta”. Cabe lembrar que desde domingo, quando foi internada no hospital, Virginia fez todos os tipos de exames possíveis, que confirmaram que sua saúde e a do bebê estão em dia, para além da dor de cabeça da influenciadora.

Por fim, Wanderley Cerqueira deixa claro que o principal desafio para Virginia agora é se adaptar ao tratamento ideal, por conta da gravidez. “A principal dificuldade nesse momento é se adaptar ao tratamento, também por conta da gestação. Você tem um armamentário grande de remédios e você tem que ir moldando isso aí, não é escolhendo ou testando”.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp