Filme amazonense ‘O Barco e o Rio’ estreia no festival de Gramado nesta quinta

Representando o Amazonas no 48º Festival de Cinema de Gramado, que este ano acontece em formato virtual, o filme “O Barco e o Rio” estreia nesta quinta-feira, 24/9. O curta-metragem será exibido às 19h (horário de Manaus) no Canal Brasil, e a partir do início da sessão também estará disponível on-line durante 24 horas, no streaming oficial do canal, no Canal Brasil Play.

“O Barco e o Rio” é dirigido por Bernardo Ale Abinader, e foi produzido pela Fitacrepe Filmes e Artes Cênicas, com o apoio do Edital Prêmio Manaus de Audiovisual, da Prefeitura de Manaus. Entre os mais de 400 inscritos, o filme foi selecionado para integrar os 14 curtas que disputam a Mostra Competitiva Nacional de Curtas-Metragens, do Festival de Cinema de Gramado. O evento começou na última sexta-feira, 18, e segue até o próximo sábado, 26.

Além da exibição do curta, o diretor Bernardo Abinader e a atriz Isabela Catão também participam de um debate sobre os filmes da noite anterior, na sexta-feira, 25, a partir das 9h (horário de Manaus), nas redes sociais do Festival de Gramado (YouTube, Facebook e site).

O filme também concorre ao prêmio do Júri Popular do Festival. O público pode votar por meio do aplicativo oficial do festival, disponível na Play Store e na Apple Store. Basta fazer um cadastro e aguardar a liberação da votação, que acontece no início de cada sessão.

Sinopse

O filme conta a história das irmãs Vera e Josi, donas de uma embarcação simples, herdada da família, e ambas com personalidades bem diferentes. Vera é religiosa e cuida do barco com esmero, enquanto Josi prefere beber com as amigas e se envolver sem compromisso com homens do porto. As duas imaginam destinos diferentes para o barco e para a vida: uma quer vender a embarcação e a outra enxerga na herança o seu único sustento.

No elenco, Isabela Catão e Carolline Nunes interpretam as protagonistas. A ficha técnica também conta com produção executiva de Hamyle Nobre, direção de fotografia de Valentina Ricardo, direção de arte de Francisco Ricardo, trilha musical de Heverson Batista (Batata), trilha sonora original e desenho de som de Lucas Coelho, montagem de César Nogueira e direção de produção de Keila Serruya, entre outros nomes. Este é o quarto filme de Bernardo Ale Abinader, que também já dirigiu os curtas “Os monstros”, “Amém” e “A goteira”.

Fotos – Divulgação / O Barco e o Rio

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp