Governador Wilson Lima entrega indenizações a moradores do Igarapé do Quarenta

O governador Wilson Lima participou, na manhã desta sexta-feira (09/10), do pagamento de indenizações e bônus-moradia para 88 beneficiários cadastrados no Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Para esta ação, o Governo do Amazonas disponibilizou, por meio da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), o valor de R$ 3,3 milhões em recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Os beneficiários são da área de intervenção do Prosamim no Igarapé do Quarenta, no trecho entre a avenida Costa e Silva (Silves) e rua Maués, bairro da Cachoeirinha, zona sul de Manaus. A entrega dos benefícios foi feita no Centro de Convivência do Idoso, no bairro Aparecida.

“Esse é um trabalho que estamos fazendo desde o início do Governo, de reconhecimento às pessoas que por tanto tempo estão lutando por uma moradia e também estão vivendo em condições insalubres. Nós estamos retirando essas pessoas dessa área e estamos pagando esse bônus. Aqui nós estamos tocando obras de saneamento que vão ser importantes para revitalização dessa área. Nós temos uma preocupação de preservar a questão ambiental, de dar um destino correto para o esgoto, de fazer o saneamento, mas nós não podemos deixar as famílias desamparadas”, afirmou o governador Wilson Lima.

Do total de 88 famílias beneficiadas, 30 receberam indenizações (valores que variam de acordo com o valor da benfeitoria do imóvel); 36 foram contempladas com bônus-moradia no valor de R$ 50 mil (solução aplicada para aquisição de casa regularizada no mercado imobiliário); 12 receberam auxílio-moradia no valor de R$ 6 mil (aplicada a inquilinos e cedidos atendidos pelo programa); e 10 receberam uma compensação financeira na modalidade Fundos de Comércio, para quem vivia de atividade comercial no local.

Entre as famílias contempladas, está a da professora Meire Rubia Barbosa, moradora do local há dois anos. “Era um lugar bem precário, com igarapé. Inclusive chegou a até alagar a minha casa uma vez, era bem precária mesmo a situação. Era horrível conviver com aquilo, as crianças brincando ali pelo igarapé, por perto daqueles entulhos, igarapé a céu aberto, então era bem complicado mesmo, mas graças a Deus a gente foi abençoada. Eu estou muito feliz. Agora graças a Deus a gente vai poder realizar o sonho da casa própria e poder viver dignamente”, comemora.

De acordo com o presidente da Suhab, João Braga, esta etapa de indenizações possibilita que as famílias tenham soluções de moradia e que o Estado dê continuidade às obras do Prosamim no Igarapé do Quarenta.

Reassentamento – Com os pagamentos feitos hoje, avança para 50% o cumprimento da meta prevista para este ano. São 997 imóveis e 496 famílias retiradas da área de risco e devemos tirar a outra metade até o final desse ano ainda, como explica Viviane Dutra, coordenadora social da Unidade Gestora de Projetos Especiais, que é responsável pela execução do Prosamim.

“Para reassentar essas famílias, a Unidade Gestora conta com a parceria da Suhab. Nesse momento, nós estamos aqui apoiando no que for necessário para que as famílias possam passar por esse processo de reassentamento com menor impacto. São famílias em situação de vulnerabilidade, muitas vezes morando em áreas de risco, nas áreas de intervenção, e por meio do programa elas podem acessar não somente a reposição patrimonial ou a posse daquela localidade, mas também uma solução de moradia. Uma moradia mais segura, uma moradia digna, mais saudável. Essa é a finalidade principal do programa”, explica.

Fotos: Bruno Zanardo/Secom

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp