22 de julho de 2024

Exército israelense diz que vai interromper atividade militar em regiões de Gaza para entrada de ajuda humanitária

O exército israelense anunciou neste domingo (16) que vai interromper as atividades militares diariamente em partes do sul de Gaza para permitir que mais ajuda humanitária chegue. Organizações internacionais já alertaram sobre uma crescente crise humanitária nas regiões.

A pausa tática, que deve acontecer das 2 horas da manhã (horário de Brasília) às 13 horas, será na estrada que liga a passagem de fronteira de Kerem Shalon – que fica próximo de Khan Yunis – à rodovia Salah al-Din. A distância entre os dois locais é de aproximadamente 170 km.

Em maio, duzentos caminhões com ajuda humanitária vindos do Egito entraram na Faixa de Gaza através da passagem de fronteira de Kerem Shalom, controlada por Israel, informou o canal egípcio Al-Qahera News.

Os caminhões seguiram do lado egípcio da passagem de fronteira de Rafah, fechada desde o início de maio, quando Israel tomou o controle do lado palestino do terminal.

Toda a ajuda procedente do Egito é inspecionada pelas autoridades israelenses e distribuída com a coordenação da ONU.

Compartihe:

Você também pode gostar