Incêndio em igreja no Egito mata 35 pessoas e deixa dezenas de feridos

Ao menos 35 pessoas morreram e 45 ficaram feridas em um incêndio dentro de uma igreja na cidade de Gizé, no Egito, neste domingo (14).

O fogo, que teria sido causado por uma pane elétrica, começou quando cerca de 5 mil fiéis se reuniram para a missa na igreja Abu Sifin, segundo pessoas da área de segurança ouvidas pela agência Reuters.

Conforme informações da revista egípcia “Egypt Today”, dezenas de pessoas foram transferidas para vários hospitais.

Ainda de acordo com a revista, pelo menos quatro caminhões do corpo de bombeiros foram ao local para conter as chamas e garantir que o fogo não começaria novamente, considerando a alta temperatura e a grande quantidade de madeira dentro da igreja.

Em uma postagem em uma rede social, o presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi prestou condolências às famílias das vítimas e anunciou que direcionou “todas as agências estatais e instituições relevantes a tomar todas as medidas necessárias para lidar com esse incidente e seus efeitos”.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp