Ministra francesa é acusada de estupro; promotoria de Paris investiga

O Ministério Público de Paris anunciou nesta quarta-feira (22) que abriu uma investigação para apurar duas acusações de estupro contra a ministra de Desenvolvimento e Francofonia do país, Chrysoula Zacharopoulou.

As denúncias foram feitas no fim de maio e no início de junho, segundo a promotoria, e se referem à época em que Zacharopoulou, também médica, exercia a profissão de ginecologista.

Segundo o governo francês, a ministra, nascida na Grécia, é defensora dos direitos reprodutivos e sexuais de mulheres e meninas e fundou uma fundação para informar sobre a endometriose. Sua entrada na política ocorreu em 2019, quando foi eleita para o Parlamento Europeu.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp