Intervenção de Bolsonaro no comando da Polícia Federal pode tirar ministro da Justiça do governo

A decisão de Jair Bolsonaro de trocar o diretor da Polícia Federal, Maurício Valeixo, abriu um rombo nos planos de Sergio Moro no governo. O ministro está profundamente contrariado. Há pouco, disse abertamente a aliados que estuda pedir demissão.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ao ministro da Justiça, Sergio Moro, que irá trocar o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo. O ministro reagiu mal ao comunicado e avalia deixar o governo.

Três nomes são cotados para o posto. O secretário de Segurança Pública, do Distrito Federal, Anderson Torres; o diretor da Agência Brasileira de Inteligência, Alexandre Ramagen; e o diretor do Departamento Penitenciário (Depen), Fabiano Bordignon.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Você também pode gostar: