Manaus registra aumento de enterros pelo novo coronavírus nos cemitérios públicos

O índice de sepultamentos nos cemitérios públicos de Manaus voltou a crescer após quatro meses consecutivos de queda. Segundo dados da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), responsável por gerir os cemitérios públicos da capital, no mês de setembro foram registrados 868 sepultamentos e cremações, em agosto foram 828 e em julho 867. Os enterros, tendo como causa a Covid-19, também registraram aumento.

“Vejo com muita preocupação esse crescimento de sepultamentos de pessoas mortas por Covid-19. Estamos reforçando as medidas de proteção à população e esperamos que todos tenham consciência da importância de se protegerem, para que não vejamos a repetição do que ocorreu nos meses de abril e maio. Por isso, damos transparência a esses dados, que não são apenas números, mas vidas que perdemos para essa terrível doença”, afirmou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

Os sepultamentos e cremações de óbitos, tendo como causa a Covid-19, nos cemitérios públicos de Manaus alcançaram, em setembro, a maior taxa desde o mês de junho. Conforme a Semulsp, nos últimos 30 dias, foram registrados nos espaços funerários públicos, 89 sepultamentos e cremações tendo como causa confirmada a doença provocada pelo novo coronavírus. Em julho, foram contabilizados 67 sepultamentos de óbitos por Covid-19 e em agosto foram 77.

“Os dados seguem bem abaixo do registrado nos meses de abril e maio, quando ocorreu o pico de casos e mortes por Covid-19 em Manaus, mas acende o sinal de alerta em razão do crescimento de óbitos por Covid-19 e, como consequência, o aumento no total de sepultamentos”, observou o secretário da Semulsp, Paulo Farias.

Desde o pico da pandemia do novo coronavírus, em abril, já são 892 sepultamentos de pessoas que tiveram como causa oficial na declaração de óbito a Covid-19, de um total de 7.807 sepultamentos no mesmo período. Ao todo, até o fim de setembro de 2020, já são 10.392 sepultamentos registrados nos cemitérios públicos, o que representa quantitativo maior que todo o ano de 2019, quando foram registrados 10.342.

Dados dos cemitérios públicos de Manaus

Janeiro –905 sepultamentos

Fevereiro – 792 sepultamentos

Março –888 sepultamentos

Abril – 2.433 sepultamentos e cremações (190 por Covid-19)

Maio – 1.899 sepultamentos e cremações (348 por Covid-19)

Junho – 912 sepultamentos e cremações (121 por Covid-19)

Julho – 867 sepultamentos e cremações (67 por Covid-19)

Agosto – 828 sepultamentos e cremações (77 por Covid-19)

Setembro – 868 sepultamentos e cremações (89 por Covid-19)

— — —

Texto – Mauricio Freire / Semcom

Fotos – Ingrid Anne / Semcom

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp