Empreendedorismo feminino: mais de 11 mil empreendedoras receberam crédito emergencial da Afeam

O número de mulheres que estão se tornando donas do próprio negócio, gerando empregos e renda, cresce a cada ano no Amazonas. Nesta sexta-feira (19/11), quando se celebra o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) aponta que o protagonismo feminino na economia vive um momento importante no estado. Exemplo disso é o crédito emergencial da Agência, que atendeu mais de 11 mil mulheres com diversas iniciativas empreendedoras desde o início da pandemia, em 2020.

Pequenas produtoras locais, profissionais individuais e autônomos com lideranças femininas compõem uma importante parcela das mais de 19 mil operações contratadas pela Afeam por meio do crédito emergencial. Desse total, as iniciativas de empreendedoras mulheres correspondem a 11.399 operações de crédito, sendo 9.194 delas no interior e 2.205 na capital. O número representa a inserção das mulheres nos negócios, trazendo uma perspectiva mais diversa, inclusiva e inovadora.

Entre essas mulheres está Cecília Pinheiro, cliente especial que possui uma franquia de lavanderia em Manaus. A empreendedora assinala que o crédito da Afeam foi o fôlego que faltava para concluir o projeto, parado por conta da pandemia.

“Não tenho como demonstrar minha gratidão à Afeam pela grande parceria nos meus negócios. Com a última operação de crédito, mesmo durante a pandemia, consegui manter uma loja e finalizar outra unidade da minha franquia. Agradeço muito porque minha empresa não fechou”, disse ela.

Para o diretor-presidente da Afeam, Marcos Vinicius Castro, o empreendedorismo feminino é importante não só para aquelas que decidem criar um negócio, como também ajuda a transformar as empresas e a realidade de diversas pessoas ao seu redor.

“A Afeam acredita que fomentar atividades lideradas por mulheres garante novas visões de mercado e as inspira a serem independentes financeiramente, além de dar um importante incremento à renda familiar”, disse.

De acordo com o balanço das aplicações do crédito emergencial da Afeam, foram mais de R$ 65,7 milhões aplicados. A maioria das empreendedoras beneficiadas atua no segmento de comércio em geral, e o interior representa em média 60% desse montante.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp