14 de julho de 2024

Luan Junio faz análise sobre o mercado de consórcios

Luan Junio, responsável pela área comercial da Beta, compartilhou recentemente sua visão sobre o mercado de consórcio atual, destacando a proliferação de “administradoras” sem autorização e a tendência crescente de assessorias. Em sua análise, Luan aponta preocupações e oportunidades, oferecendo uma perspectiva crítica e construtiva sobre o cenário atual.

Luan expressou preocupação com o aumento de empresas que atuam como administradoras de consórcio sem a devida autorização. “É alarmante ver tantas empresas entrando no mercado sem a regulamentação adequada. Isso não apenas compromete a confiança do consumidor, mas também prejudica a reputação do setor como um todo,” afirmou.
Ele ressaltou a importância de uma supervisão rigorosa e a necessidade de educar os consumidores sobre a importância de escolher administradoras devidamente autorizadas. “Os consumidores devem estar atentos e fazer suas pesquisas para garantir que estão lidando com empresas confiáveis e regulamentadas,” acrescentou.

Em relação à crescente onda de assessorias no mercado de consórcio, Luan acredita que essa prática pode ser viável e benéfica, mas é frequentemente mal utilizada. “A assessoria pode ser uma ferramenta poderosa quando usada corretamente. No entanto, muitos representantes comerciais estão aproveitando essa tendência de maneira imprudente, focando apenas no lucro imediato,” explicou.
Luan criticou a abordagem gananciosa de alguns representantes, que utilizam a assessoria de forma “burra”, sem considerar o impacto a longo prazo para o cliente e para o próprio mercado. “A verdadeira assessoria deve agregar valor ao cliente, oferecendo orientação honesta e estratégica. Infelizmente, vemos muitos casos onde o foco está apenas no ganho rápido, sem uma preocupação genuína com o sucesso do cliente,” destacou.

Para Luan, a solução passa por uma mudança de mentalidade entre os representantes comerciais e as empresas do setor. Ele defende uma abordagem mais ética e sustentável, onde o foco está no benefício mútuo de clientes e empresas. “Precisamos promover uma cultura de transparência e responsabilidade. Representantes comerciais bem treinados e éticos não só aumentam a confiança do consumidor, mas também fortalecem o mercado de consórcio como um todo,” concluiu.
Com uma visão crítica e orientada para a solução, Luan Junio está determinado a promover práticas mais éticas e responsáveis no mercado de consórcio, contribuindo para um ambiente mais seguro e confiável para todos os envolvidos.

Compartihe:

Você também pode gostar