17 de julho de 2024

“Recente aprovação do ETF de Ethereum pela SEC abre portas para que outras altcoins possam ter seus próprios ETFs negociados”, diz especialista da Futokens

Fundo foi aprovado na última semana

Recentemente, foi aprovada pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) transações à vista de ETFs da Etherium. Oito emissoras já estão com o aval para fazer as operações, porém, ainda precisam aguardar o fim do processo, que pode levar algumas semanas.

A aprovação pela SEC, um dos principais reguladores financeiros, confere maior legitimidade ao Ethereum e ao mercado de criptomoedas. Pode levar a uma regulamentação mais clara e estruturada para outras criptomoedas, reduzindo a incerteza regulatória que muitas vezes impede o crescimento do mercado. Ela também estimula a inovação e a diversificação no mercado de criptomoedas.

A Etherium é a segunda maior criptomoeda do mundo, ficando atrás somente do Bitcoin e essa alteração mexeu com o mercado.

Para Matheus Medeiros, CEO da Futokens, a aprovação desse fundo é importante, pois auxilia os conservadores a investirem e entrar no mundo das criptos.

“A recente aprovação do ETF de Ethereum pela SEC abre portas para que outras altcoins possam ter seus próprios ETFs negociados, proporcionando mais segurança e confiança para investidores conservadores que desejam entrar no mundo das criptomoedas”, explica.

Um ETF (Exchange-Traded Fund) de Ethereum é um fundo negociado em bolsa que permite aos investidores ganhar exposição ao preço do Ethereum (ETH) sem a necessidade de comprar e armazenar a criptomoeda diretamente.

Para quem está se familiarizando com o assunto, o ETF de Etherium é como um ativo subjacente e está ligado diretamente ao preço da criptomoeda no mercado. A sua negociação na bolsa é semelhante ao mercado de ações, tanto que tem valores tradicionais, permitindo que investidores comprem e vendam as ações do fundo durante o horário de negociação.

Dentre os benefícios para quem investe em Etherium está a segurança de ter algo regulamentado e seguro, além de trazer para a carteira de cliente que aposta nos investimentos tradicionais uma diversificação em seu portifólio. Ele terá um perfil de risco diferente do Bitcoin e de outros ativos tradicionais.

É uma maneira mais simples para investidores obterem exposição ao Ethereum sem precisar lidar com a compra, armazenamento seguro e gestão de chaves privadas da criptomoeda.

A negociação de ETFs de Ethereum no mercado das bolsas tradicionais pode aumentar a liquidez no mercado de criptomoedas, facilitando transações mais eficientes.
“A aprovação de ETFs pode atrair investidores institucionais que anteriormente evitavam investir diretamente em criptomoedas devido a preocupações regulatórias ou operacionais”, conta Medeiros.

A decisão ainda pode ocasionar a positiva entrada de grandes investidores institucionais no mercado de Ethereum, já que será liberada a compra de ações do ETF em vez de comprar e armazenar a criptomoeda diretamente.

“Esse é mais um passo importante e que trará vantagens, já que os investidores de varejo poderão ter mais confiança nas criptos, aquecendo o segmento”, pontua o CEO da Futokens.
Acredita-se que a medida ainda trará uma valorização no preço da Ethereum, já que haverá aumento da demanda institucional. O aumento da liquidez e do interesse no Ethereum pode levar a um maior desenvolvimento do seu ecossistema, incluindo projetos de finanças descentralizadas (DeFi), tokens não fungíveis (NFTs) e outras aplicações baseadas em blockchain.

A mudança também traz a possibilidade para que outras Altcoins também tenham essa aprovação.

O cliente precisa saber que ETFs iniciais de Ethereum não incluem os benefícios de staking, ou seja, os investidores no ETF não recebem os rendimentos anuais de staking que, normalmente, seriam obtidos ao participar da rede Ethereum diretamente. Ele também está sujeito à volatilidade do preço do Ethereum e pode haver taxas de gestão, o que impacta diretamente no retorno do investimento ao longo do tempo.

Sobre a Futokens:

Na vanguarda da inovação, a Futokens não apenas segue, mas redefine as tendências do mercado. Comprometidos em construir o futuro, apresentamos duas vertentes distintas: a Futokens Exchange e a Futokens Experience.

A Futokens Exchange é mais do que uma corretora de criptomoedas. Somos uma plataforma que proporciona segurança avançada em cada transação. Isso garante aos nossos usuários uma experiência confiável ao explorar o universo das criptomoedas.

Aqui, moldamos as tendências do investimento em criptoativos com visão perspicaz do futuro. Aplicamos soluções de tecnologia avançada, como criptografia quântica, Self-Custody Vault, Hybridchain e mais. Tudo isso para oferecer a melhor experiência aos investidores – desde iniciantes, com uma plataforma simples e descomplicada, até os mais experientes, com soluções inovadoras que impulsionam a busca por independência e sucesso financeiro.

Enquanto isso, na Futokens Experience, redefinimos a conexão entre os fãs de e-sports e seus ídolos e times favoritos. Acreditamos no poder transformador dos fan tokens para unir comunidades e elevar a experiência de jogos eletrônicos.

Em parceria com a Imperial Esports, lançamos o Imperial Token (IMP), um fan token exclusivo que proporciona experiências e benefícios surreais aos torcedores. Desde interações com membros da equipe até participação em eventos e acesso a itens autografados, o IMP estabelece uma conexão mais profunda entre a torcida e o time, tornando a jornada do torcedor verdadeiramente memorável.

Compartihe:

Você também pode gostar

Influente congressista democrata, Adam Schiff pede a Biden que desista de se candidatar a presidente dos EUA

Internacional
17 de julho de 2024