Cabeleireiro é assassinado em calçada por criminosos em moto no Zumbi

Após ser surpreendido por criminosos, o cabeleireiro Dayene João de Araújo, de 38 anos, foi executado a tiros na noite de domingo (21), na rua Santa Helena, do bairro Zumbi dos Palmares, na Zona Leste de Manaus.

Testemunhas informaram que os suspeitos chegaram em uma motocicleta e atiraram contra o cabeleireiro, que estava sentado em uma calçada. A vítima ainda agonizou no local e não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o delegado Fábio Silva, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a vítima foi atingida com, pelo menos, 13 tiros. Nenhuma linha de investigação é descartada, inclusive a de acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas. O corpo do cabeleireiro passou por perícia e foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML).

Os indícios recolhidos no local de crime, como cápsulas de balas, devem ajudar na investigação do crime. Os suspeitos não foram identificados até o momento. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros.

A capital amazonense tem registrado um alto índice de homicídios nos últimos meses. A maioria dos casos está relacionado a disputa entre as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Cartel do Norte (CDN), antiga Família do Norte (FDN).

O Comando Vermelho conquistou espaço na cidade, após o racha entre os líderes da Família do Norte. Com isso, alguns integrantes migraram para o CV e tomaram alguns pontos da FDN, em Manaus. Agora, a Família do Norte virou Cartel do Norte, com a intenção de mostrar força para tentar retomar as bocas de fumo. Essa disputa tem deixado um rastro de sangue pela cidade.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp