13 de julho de 2024

Caso Djidja: maquiador envolvido em grupo religioso que usava cetamina em rituais se entrega à polícia em Manaus

O maquiador Marlisson Vasconcelos Dantas se entregou à polícia na tarde desta sexta-feira (31), dois dias após ter um mandado de prisão expedido em nome dele pela Justiça do Amazonas. Segundo a Polícia Civil, ele é um dos envolvidos no grupo religioso que utilizava cetamina em rituais, liderado por familiares de Djidja Cardoso, ex-sinhazinha do Boi Garantido encontrada morta em Manaus, na terça-feira (28).

Agora, todos os cinco alvos da Operação Mandrágora estão presos preventivamente. O grupo é suspeito de fornecer e distribuir a substância cetamina, além de incentivar e promover o uso da droga de forma recreativa. A investigação tenta descobrir se a morte de Djidja foi causada por overdose da substância.

Compartihe:

Você também pode gostar