Dupla morre eletrocutada ao encostar em portão de padaria em Manaus

Valdenor Pimentel da Costa, 45 anos, e outro homem, ainda não identificado, morreram vítimas de um choque elétrico ao se encostarem na porta de uma panificadora, na rua 2, bairro Alfredo Nascimento, zona Norte de Manaus, na madrugada desta terça-feira (17).

O fato ocorreu porque o dono do estabelecimento, um homem de 50 anos, conhecido na vizinhança como “Pastor do Diabo”, teria, supostamente, criado uma armadilha para quem se encostasse em seu portão. A situação de choque teria acontecido a outras pessoas, de acordo com o relato dos moradores.

“Esse homem é um capeta, mesmo. Não é a primeira vez que esse cara faz isso e as pessoas levam choque. Crianças passam pela frente do estabelecimento e correm risco. Alguém tem que fazer alguma coisa. Olha no que deu. As pessoas foram se encostar e, como o chão estava molhado, morreram. Esse aí não é pastor de Deus, não. É o pastor do diabo, mesmo. ”, disse uma moradora da localidade, que não quis ter o nome divulgado.  

Valdenor e a outra vítima estariam, supostamente, embriagados e teriam parado no local para dormir. Os corpos das vítimas foram recolhidos e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

Investigação

Policiais Militares detiveram o “Pastor do Diabo” e o levaram ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A investigação será feita pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O dono da padaria deve responder por homicídio culposo (quando há a intenção de matar).

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp