Homem é preso suspeito de estuprar enteada e atear fogo em casa no AM

O homem acusado de abusar sexualmente da enteada de 7 anos e atear fogo em uma casa com a esposa e três filhos, foi preso na tarde de segunda-feira (15), no município de Itacoatiara. O caso aconteceu na noite de domingo (14), no bairro Mamoud Amed.

De acordo com a mulher, a briga teria começado porque ela descobriu que o homem abusou da filha de apenas sete anos. Durante a discursão, ele a perseguiu e tentou matar a esposa a golpes de terçado, mas ela correu e se trancou em um dos cômodos com os filhos.

Com raiva, ele incendiou a casa que estava com a esposa e as três crianças, e fugiu do local. Os vizinhos, percebendo o incêndio, foram socorrer a família que estava presa na casa.

Para tentar uma proteção, o homem foi até ao grupo “Resgatando os cativos”, que busca ressocializar criminosos e usuários de drogas, buscar apoio do pastor Arison, o responsável pelo projeto. No entanto, sabendo do que tinha acontecido. O religioso conteve o homem e acionou a polícia.

“Ele tentou buscar refúgio lá, mas o projeto não acata esse tipo de situação. Como todos nós temos direito de apreender e prender, nós exercemos o nosso direito de prender o rapaz e acionamos a viatura para tomar as medidas cabíveis.”- Pastor Arison.

Revoltada com o, agora, ex-companheiro, a mulher afirmou a um portal local que dará prosseguimento a denúncia e que quer que o acusado pague.

“Não quero mais ele. Vou prosseguir [a denúncia] até o fim. Eu quero que ele pague o que fez. Que ele não apareça mais lá no bairro, pois se aparecer, vai ser morto pelos vizinhos”.

A Polícia Civil dará prosseguimento a investigação e acusação contra o suspeito dos crimes de abusos e tentativa de homicídio.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp