13 de julho de 2024

Mulher é presa com caixas de cetamina armazenadas em casa na Compensa, em Manaus

Uma mulher, que não teve a identidade divulgada, foi presa nesta sexta-feira (14) com caixas de medicamentos de uso humano e animal em uma casa no bairro da Compensa, Zona Oeste de Manaus. Entre eles, havia cetamina, substância que pode ter causado a morte da ex-sinhazinha Djidja Cardoso.

Além da cetamina, havia seringas, e caixas de heparina e medicamentos para relaxar pacientes durante cirurgias.

Segundo policiais da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a droga estava em uma casa no beco Joaquim Cardoso. A Polícia Militar chegou até o local após uma denúncia anônima.

Os agentes encontraram uma mulher, identificada como a proprietária do imóvel, além dos medicamentos. À polícia, a suspeita não disse quem era o dono da carga.

“Ela não disse de quem eram esses medicamentos, então prendemos ela e a trouxemos para a delegacia”, disse o sargento Fransney Albuquerque.

Após o flagrante, a mulher foi conduzida ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Santo Agostinho. A carga também foi levada e vai ser analisada pela Polícia Civil, que abriu um inquérito para apurar o caso.

Compartihe:

Você também pode gostar

Camila Pudim lança “Divertidamente Makeup” em duas línguas e alcança mais de 40 milhões de visualizações em 24 horas

Famosos
12 de julho de 2024