Técnica de enfermagem que desapareceu após sair para cobrar dívida é encontrada morta no DF

A técnica de enfermagem Danyanne da Cunha Januário da Silva, de 35 anos, foi encontrada morta nesta quarta-feira (3) em Brazlândia, no Distrito Federal, depois de uma semana desaparecida.

Segundo a Polícia Civil, Danyanne atuava como agiota e foi morta por conta de uma dívida de R$ 35 mil. Dois suspeitos foram presos. A corporação afirma que ambos atuavam com a vítima no esquema de empréstimo de dinheiro, e que um deles contraiu o débito com a mulher.

Ela tinha sido vista pela última vez em 27 de julho, na região do Riacho Fundo, e desapareceu após sair de casa para cobrar uma dívida.

A informação da localização do corpo foi confirmada ao g1 por Roosevelt Januário da Silva Junior, irmão da técnica de enfermagem, e pelo delegado Roney Teixeira Marcelo, da 18ª Delegacia de Polícia, em Brazlândia.

O irmão de Danyanne disse que a família foi informada nesta manhã e que estava a caminho do Instituto Médico Legal (IML). A vítima deixa dois filhos, um de 11 anos e outro de 13 anos.

Na segunda-feira (1º), parentes da vítima disseram que a pessoa que devia à Danyanne é um “conhecido”. Segundo os familiares, quando ela foi receber o dinheiro, o homem entrou no carro de Dayanne e os dois saíram. Depois disso, a mulher não foi mais vista.

O caso é investigado pela 29ª Delegacia de Polícia, no Riacho Fundo. No dia do desaparecimento, o carro da vítima foi flagrado por um radar, na BR-040, perto de Valparaíso, no Entorno do DF. O veículo não tinha sido encontrado até esta quarta.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp