22 de julho de 2024

Incentivo à participação de jovens no processo político é tema de lei assinada por Roberto Cidade

Reconhecendo a importância do processo eleitoral à manutenção da democracia, o deputado estadual Roberto Cidade (UB), presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), ao lado do deputado Rozenha (PMB), assina a proposta que resultou na Lei Ordinária nº 6.801/2024, instituindo a Semana de Incentivo à Participação do Jovem no Processo Eleitoral.

“A política está em todo lugar e precisa ser encarada com a importância que tem. Incentivar a participação do jovem nesse processo é mais uma maneira de mostrar, que é por meio do voto que se contribui para uma sociedade mais justa. É pelo voto e pela discussão cidadã sobre direitos e deveres que se estabelece a democracia. Que nossos jovens tenham cada vez mais consciência disso”, declarou.

Conforme a Lei, a Semana de Incentivo à Participação do Jovem no Processo Eleitoral deve ser realizada, anualmente, na primeira semana do mês de agosto e deve ter como objetivo incentivar a promoção de atividades voltadas à integração do jovem no processo eleitoral, buscando conscientizar sobre a influência da política no lazer, na educação, no meio ambiente etc.

A semana também deverá conscientizar os pais e responsáveis dos jovens sobre a necessidade de incentivo familiar na busca de conhecimento político-eleitoral.

A Semana de Incentivo à Participação do Jovem no Processo Eleitoral passa a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Estado do Amazonas.

Dados do TSE

No pleito eleitoral municipal de 2020, 2 milhões de jovens, entre 15 e 17 anos, fizeram seu título segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entre 2018 e 2022, a participação de jovens de 16 e 17 anos aumentou 52,3%, de acordo com os dados estatísticos do TSE. Mais de 2,1 milhões de eleitoras e eleitores nessa faixa etária estavam aptos a votar em 2022 e, em média, 1,7 milhão foram às urnas.

O protagonismo feminino nesse processo é maior. A média de jovens de 16 e 17 anos que votaram nas eleições 2022 é de 489 mil eleitoras, enquanto 387 mil eleitores do sexo masculino nessa mesma faixa votaram.

Compartihe:

Você também pode gostar