Prefeito de Manaus espera apoio de governador para decretar lockdown; veja vídeo

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), afirmou em entrevista à Cnn Brasil, nesta segunda-feira (28), que gostaria de decretar lockdown na capital do Amazonas por acreditar que a medida pode ajudar a evitar uma segunda onda da Covid-19, mas cobrou apoio do governador Wilson Lima (PSC).

“Gostaria de decretar lockdown, mas tem que ver com o governador. É coisa para ele entrar junto. Aceito o lockdown por entender que isso pode matar de vez a ameaça de uma segunda onda, que seria catastrófica. Senão a decretação será desmoralizada por pessoas sem máscara ou que vão simplesmente sair na rua. É preciso cobertura policial para chegar a essa medida”, afirmou. 

Na entrevista o prefeito falou sobre a pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), onde aponta que Manaus vive uma segunda onda de casos da Covid-19.

O Governo do Estado determinou, desde a sexta-feira (25), o fechamento de bares e casas noturnas após constatação de aumento de infecções.

Manaus começou a flexibilizar o isolamento social em junho, quando houve uma redução dos casos. A capital foi a primeira capital a registrar colapso no sistema de saúde e funerário, entre abril e maio. A cidade nunca impôs um lockdown completo. Negócios não-essenciais foram fechados, mas muitos simplesmente ignoraram as orientações de distanciamento social.

Assista a entrevista completa:

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp