Prefeito sugere tratar Covid-19 com aplicação de ozônio pelo ânus: ”resultado excelente”

Surgiu uma nova opção de tratamento para a Covid-19. O prefeito do município de Itajaí, no interior catarinense, Volnei Morastoni (MDB), anunciou nesta terça-feira (4/8) ter inscrito a cidade na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para oferecer uma nova opção de tratamento para a população contra a Covid-19: a administração, pelo ânus, de ozônio. A novidade seria oferecida apenas a pessoas com resultado confirmado para o novo coronavírus.

O prefeito garante excelente resultado. “Provavelmente, vai ser uma aplicação via retal, uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima, de dois minutos, num cateter fininho e isso dá um resultado excelente”, afirmou.

Morastoni, que é médico, informou que provavelmente seriam aplicadas 10 sessões da admissão de ozônio e que o tratamento seria oferecido somente “a quem desejar”.

Atualmente, a prefeitura distribui ivermectina à população. O tratamento via retal com ozônio seria um complemento das opções já oferecidas pela administração que inclui, além do vermífugo, a azitromicina e cânfora.

O anúncio, feito por Morastoni na página do Facebook da prefeitura, foi excluído.

Com Metrópoles

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp