Pyong e Sammy Lee somem de redes sociais após suspeita de fraude em sorteio

Recentemente, a influenciadora Sammy Lee e seu marido, Pyong Lee, desativaram suas redes sociais. O motivo para o sumiço digital pode estar relacionado à polêmica do sorteio de um carro zero em seu perfil no Instagram. Sammy alega ter sido vítima de um golpe devido a sua ingenuidade em relação à legislação federal que regulamenta as promoções pela internet. Já a organizadora do sorteio garante que a influencer agiu de má fé.

Os dois só voltaram à internet após o caso ter sido noticiado pelo Domingo Espetacular, da Record. A promoção foi uma parceria acordada entre Sammy e o perfil @aquitempremios, administrado por Thainara Juliana de Freitas. A influencer indicou como mandatária da promoção a Quasar, empresa de Pyong, que também cedeu o CNPJ para autenticar o sorteio. No entanto, após a promoção já estar no ar, Sammy trocou de assessor, e este questionou o contrato. “Desde então, o sorteio começou a desandar”, conta Thainara.

O novo assessor de Sammy, Pierre Thomé de Souza, argumentou que o contrato assinado por Sammy não previa datas de divulgação do sorteio. Porém, Thainara garante que a influencer estava ciente de suas obrigações. “A Sammy parou de divulgar e o Pierre entrou em contato comigo para que fizéssemos um novo contrato, querendo me cobrar novamente. Eu neguei, porque a Sammy já tinha recebido pelo trabalho”, conta Thainara.

“Como o sorteio estava autenticado no CNPJ do Pyong, o Pierre falou que a foto oficial do sorteio iria permanecer no Instagram da Sammy por mera gentileza, como se ele estivesse fazendo um favor pra gente”, afirma Thainara. De acordo com o contrato, era de responsabilidade da organizadora do sorteio organizar a planilha com os números da sorte dos participantes e, para isso, Thainara pediu que a foto ficasse no ar até a noite do dia 3.

“Eu precisava de 72 horas para extrair e fazer backup dos comentários. Mas eles retiraram a foto do ar antes do prazo, impossibilitando que eu concluísse o serviço”, diz Thainara. Como a promoção foi autorizada e certificada pela Secap (Secretaria de Avaliação de Políticas Públicas, Planejamento, Energia e Loteria), do Ministério da Economia, todos os envolvidos foram informados que o sorteio não poderia ser encerrado sem resultado.

“A partir de então a Sammy agiu por conta própria. Ela criou um novo perfil. Antes era o meu perfil que estava no regulamento, o @aquitempremios, depois, ela passou para um novo perfil, o @presentesdasammy. Ela também disponibilizou por conta própria esses números da sorte em planilha e, segundo as pessoas que participaram, que viram a planilha, ela fraudou os números da sorte”, afirma Thainara.

A ganhadora do carro de acordo com a primeira planilha da sorte postada no perfil de Sammy com os números sorteados pela Lotomania no dia 12 de junho foi Giselly Laiure. A mulher afirma que a assessoria da influencer teria, inclusive, entrado em contato dizendo que ela seria a possível vencedora e que o resultado oficial seria divulgado no Instagram no dia seguinte. No entanto, Laiure se surpreendeu ao ver que os números foram alterados.

No dia em que o resultado oficial foi divulgado, a primeira planilha publicada foi apagada e uma nova, com números diferentes, foi postada no perfil de Sammy anunciando outra vencedora. Na nova planilha, o perfil de Giselly aparece logo abaixo do perfil indicado como ganhador. “O número contemplado já não estava mais no comentário dela, estava para outra pessoa e divulgaram essa outra pessoa como vencedora”, explica Thainara.

“Acho que eles mudaram os números de propósito. Eu mesma vi a planilha e confirmei, e a Giselly cumpriu todas as regras. Então, ela perdeu o prêmio que é dela por direito. E agora, a Sammy e o Pyong estão tentando se isentar da responsabilidade, que na verdade é deles. Eles que fizeram essa bagunça e querem que eu fique como responsável, sendo que eles simplesmente me tiraram do regulamento da promoção”, garante a organizadora.

Boletim de ocorrência

Para participar do sorteio, que dava como prêmio um carro Renault Kwid avaliado em R$ 34 mil, os seguidores deveriam seguir 55 perfis indicados por Sammy e comentar na foto oficial para gerar um número da sorte. O número vencedor seria definido através de um sorteio da Lotomania e o resultado sairia no dia 5 de junho. Mas a data da ação foi alterada, e o concurso terminou no dia 12 de junho.

Giselly registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de Joinville, Santa Catarina, denunciando a fraude nos números. No entanto, ela não foi a única participante que se sentiu prejudicada. Tayná Bertoglio afirma que teria sido a vencedora de acordo com os números sorteados no dia 5, e por isso, entrou com processo contra Sammy por danos morais no valor de R$ 50 mil.

Até hoje não se sabe se o carro foi entregue a vencedora anunciada no perfil de Sammy, pois não foi feita divulgação. O caso está sendo investigado pela Secap. O Termo de Ajustamento de Conduta protocolado pela Quasar para autorizar a retirada do @aquitempremios do sorteio não foi aceito, e as defesas e considerações “deverão” ser anexadas ao processo administrativo aberto.

A assessoria de imprensa de Sammy Lee enviou a seguinte nota à coluna:

“Alertamos sobre o quão delicado é este tema do sorteio, que envolve a Thainara e uma denúncia ainda maior sobre todo o esquema com assessorias despreparadas; brechas inquestionáveis no processo da Secap, que geram oportunidades para possíveis fraudes; comércio e compra de seguidores e como este efeito modifica a percepção de presença e autoridade digital de anônimos que se tornam famosos instantaneamente. Ao publicar uma tese, sem o questionamento da antítese e conclusão de síntese, gera-se, possivelmente, o desserviço, desinformação e alienação pública”.

Copyright © Metrópoles

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp