Senador Plínio Valério declara apoio à candidatura de Ewerton Wanderley a vereador de Manaus

Na tarde de ontem, terça-feira (20/10), o senador da República, Plínio Valério (PSDB), declarou apoio ao candidato Dr. Ewerton Wanderley (DEM) que concorre a uma vaga na Câmara Municipal de Manaus nestas eleições, que ocorrerá no dia 15 de novembro. A notícia foi dada a partir de um vídeo publicado nas redes sociais do candidato, no qual Plínio Valério aparece elogiando Dr. Ewerton Wanderley.

“Quero dizer que o Ewerton é um bom médico e um excelente ser humano. Como vereador ele me surpreendeu e a gente fez amizade, quando eu estava vereador na Câmara de Manaus. Se você é daquelas pessoas que gosta de mim, que acredita em mim, dê essa força pro Ewerton, porque ele na Câmara de Manaus, e eu em Brasília, eu me sinto participando, porque ele liga todo dia e a gente conversa. Eu me sinto também vereador de Manaus através do Ewerton. Se você gosta de mim, ajude o Ewerton”, diz o senador no vídeo gravado em seu gabinete, em Brasília.

Médico, voluntário da Cruz Vermelha, atual vereador de Manaus e candidato à reeleição, Dr. Ewerton Wanderley se tornou conhecido pelos trabalhos que realiza dentro das comunidades. É propositor do Polo Tecnológico de Manaus, que visa criar uma nova matriz econômica e suplementar à Zona Franca. Na Câmara Municipal de Manaus conseguiu aprovar projetos importantes como a lei que estabelece a criação da Creche do Idoso e a lei do Trote ao Samu, que pune quem pratica trotes telefônicos ao 192.

Em agradecimento, Dr. Ewerton Wanderley agradeceu o apoio do senador. “Agradeço o amigo Plínio Valério pelo prestígio e apoio ilustre.
Sei que somando forças com o senador lá em Brasília, ajudaremos Manaus a se desenvolver e conseguir recursos importantes para obras na cidade”, escreveu.

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Hacker português é suspeito de atacar TSE

Uma das linhas de investigação do Ministério Público e da Corte Eleitoral indica possível elo com extremistas ligados a núcleos bolsonaristas; ‘realizei tudo sozinho’, afirma

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp