Teatro Amazonas reabre com espetáculos para o público

Nesta quarta-feira (02/09), o Teatro Amazonas reabriu suas portas para receber o público, após quatro meses de suspensão das atividades por conta da pandemia do novo coronavírus. Para a retomada dos espetáculos, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, adotou uma série de regras de saúde e higiene visando a segurança dos visitantes e de colaboradores, como artistas e demais funcionários do local.

Dentre as medidas adotadas para a reabertura estão o uso obrigatório de máscara, afeição de temperatura na entrada, disponibilização de dispositivos de álcool em gel em todas as entradas e no hall do teatro. Para evitar aglomerações e atender o público de maneira eficiente, serão abertas três portas para a entrada do público, que deve se acomodar nas poltronas marcadas com uma hora de antecedência ao início do espetáculo.

“A gente teve toda uma preparação, desde antes de pensar em reabrir. Desde que fechou, na pandemia, a gente procurou informações do mundo inteiro. Estudamos protocolos da Alemanha, Estados Unidos, São Paulo e criamos um protocolo para o Teatro Amazonas. A gente também passou por treinamentos com nossos funcionários e se preparou para esse momento”, explica Sandro Paulo, gerente de espetáculos do Teatro Amazonas.

Já na primeira noite, o público se mostrou satisfeito com as novas medidas adotadas. Frequentador assíduo do teatro, o historiador Bruno Miranda exalta o trabalho desempenhado e diz que o sentimento para voltar a plateia é de segurança.

“A gente percebe que o teatro se enquadrou nessa novidade, nesse novo normal a que a gente está se adaptando atualmente. A gente percebe que há o isolamento, na plateia há uma cadeira sim, em alternância, outra não. Há o distanciamento exigido pelas organizações de saúde. A gente percebe que tem a distribuição do álcool, a temperatura está sendo aferida, as pessoas têm que adentrar com a máscara e os EPIs (equipamentos de proteção individual) necessários, há um sentimento de segurança sim nesse espaço, nesse retorno”, diz.

Capacidade – Neste primeiro momento, o Teatro atenderá o público utilizando somente 50% de sua capacidade máxima, em atendimento às orientações do Decreto nº 42.550, do Governo do Amazonas. Também não será permitido o acesso de crianças até 12 anos, idosos com mais de 60 anos, gestantes e demais pessoas do grupo de risco.

Para assistir aos espetáculos ou realizar a visitação noturna, será necessário agendar on-line uma vaga no evento desejado, de acordo com a agenda do Portal da Cultura. O agendamento já está disponível no site http://www.cultura.am.gov.br/.

Reabertura – O Teatro Amazonas reabriu suas portas na noite desta quarta com uma apresentação da Orquestra de Violões do Amazonas (Ovam), como parte das comemorações pelos seus 20 anos de existência. O espetáculo teve início às 20h e contou com um repertório com obras de Mozart, Bach, Cyndi Lauper, U2, Carrapicho, Armando Neves, Emerson Maia, entre outros.

Dando sequência às atividades deste mês, o Teatro Amazonas vai oferecer ao público espetáculos de dança, música erudita, música popular, orquestra de violões, orquestra de jazz, Amazonas Filarmônica, espetáculo de 25 anos de comemoração da Lucilene Castro e exibição de filmes no Teatro Amazonas. A programação completa já está disponível no Portal da Cultura.



FOTOS: Michell Mello/Secom

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp