Tio acusado de estuprar menina de 10 anos é preso

O homem que estuprou e engravidou a sobrinha de 10 anos no Espírito Santo foi preso na Região Metropolitana de Belo Horizonte durante a madrugada desta terça-feira (18). A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB).

“Que sirva de lição para quem insiste em praticar um crime brutal, cruel e inaceitável dessa natureza. Detalhes da operação serão repassada pela equipe segurança ainda hoje”, disse o governador.

Segundo a polícia o acusado R. H. de J., de 33 anos, é ex-presidiário e já chegou a cumprir pena por tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma. O novo mandado de prisão, por estupro de vulnerável, foi expedido pela 3.ª Vara Criminal de São Mateus, do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES), na quarta-feira passada (12).

A polícia capixaba recebeu a denúncia de onde o homem estaria e foi até o local. Antes, o acusado esteve na Bahia e depois fugiu para Minas Gerais. Após ser preso, o acusado foi conduzido para o Espírito Santo, mas não há previsão de quando ele chegará ao estado.

Grávida de cerca de 20 semanas, a criança interrompeu a gravidez em Recife, em Pernambuco. Ela já tinha desenvolvido diabetes gestacional. Com a descoberta da gestação, o tio da criança passou a ser investigado por estuprá-la desde os seis anos de idade.

Protesto

Grupo de religiosos e políticos fizeram protestos contra o aborto na frente do Cisam, como os registrados no domingo. Além do protesto o grupo ainda tentou invadir o local. Um dos médicos do hospital reclamou que a manifestação estava assustando os pacientes. “Durante o protesto, foram feitas ameaças não só à criança, como à equipe. As mulheres que estavam na maternidade precisam de tranquilidade para o parto e para amamentar e isso foi quebrado”, reclamou.

Os vídeos do protesto viralizaram na rede social e foi criticado por muitos internautas e alguns defenderam a manifestação.

Foto: Matheus Brum

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp