Trump diz que 100 mil morrem por ano de gripe e isso não faz o país parar

O presidente norte-americano, Donald Trump, publicou na conta do Twitter que as pessoas precisam aprender a viver com o novo coronavírus, assim como fizeram com a gripe. Ele ainda está em tratamento por ter sido diagnosticado com a Covid-19 e recebeu alta do hospital na segunda-feira (5/10), após ficar quase quatro dias internado.

“A temporada de gripe está chegando! Muita gente todos os anos, às vezes mais de 100 mil e apesar da vacina, morrem de gripe. E nós vamos fechar nosso país? Não, nós aprendemos a viver com isso, como estamos aprendendo a viver com a Covid, em muitas populações, muito menos letal!!!”, afirmou o republicano na rede social.

Os últimos números da doença nos Estados Unidos, segundo a Organização Mundial da Saúde, mostram que passam de 208 mil mortos durante o período de pandemia.

Em outras postagens, ele afirmou que está se sentindo muito bem e mira o debate presidencial no dia 15 de outubro, em Miami. “Vai ser ótimo!”, escreveu. De acordo com pesquisa da rede CNN, o atual presidente dos EUA está atrás do rival, o candidato democrata Joe Biden.

Trump continua o tratamento da doença na Casa Branca. Conforme anunciado pelo próprio presidente americano, ele deixou a unidade hospitalar por volta das 19h40 (horário de Brasília) dessa segunda. Com máscara, saiu caminhando pela porta da frente.

Logo em seguida, fez um sinal de positivo, antes de entrar em um carro que o levou até o helicóptero. Ao desembarcar na Casa Branca, retirou a máscara para posar para fotos em uma sacada.

Em diversas oportunidades, Trump minimizou o alcance do novo coronavírus. O livro do jornalista Bob Woodward, por exemplo, contou que o chefe do Executivo norte-americano sabia como a Covid-19 era perigosa, mas desde o início rebaixou a gravidade da doença.

Em outras postagens e discursos, entretanto, reconheceu que a doença é muito perigosa. Chegou a dizer que a Covid-19 era o maior desafio do país desde a 2ª Guerra Mundial.

Copyright © Metrópoles

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp