Wilson Lima descarta possibilidade de ‘lockdown’ no Amazonas e destaca esforços contra a Covid-19; veja vídeo


Em vídeo divulgado nas redes sociais nesta terça-feira (29/09), o governador Wilson Lima reconheceu o esforço do povo do Amazonas no combate ao novo coronavírus, em conjunto com as autoridades de saúde, e descartou a possibilidade de um “lockdown”. Segundo ele, a pandemia ainda preocupa, mas o cenário atual não se compara ao quadro dos meses de abril e maio, quando o estado viveu o pico da doença.

“Nem passa pela minha cabeça a possibilidade de ‘lockdown’, de fechar tudo aqui no estado. Nós conseguimos avançar muito, o Amazonas é referência hoje no combate à Covid-19. Fomos o primeiro estado a liberar as aulas do Ensino Médio, e amanhã, quarta-feira, dia 30 de setembro, nós estaremos retornando as aulas do Ensino Fundamental”, afirmou o governador.

Wilson Lima destacou a retomada segura das atividades econômicas e fez um apelo aos amazonenses para que mantenham os cuidados de prevenção contra a Covid-19, como uso de máscara e o respeito ao distanciamento social.

“O que nós temos é que olhar para a frente, é trabalhar para retomar, de forma segura, as atividades econômicas e voltar à normalidade de nossas vidas. Aí eu aproveito para fazer aqui um apelo àqueles que, por algum motivo ou alguma razão, relaxaram nas medidas. Meu amigo, faça sua parte, evita aglomerações, usa máscara, álcool em gel, toma todas as medidas para proteger você e a sua família”, finalizou. Assista o vídeo abaixo.

Pedido de lockdown

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), afirmou em entrevista à Cnn Brasil, nesta segunda-feira (28), que gostaria de decretar lockdown na capital do Amazonas por acreditar que a medida pode ajudar a evitar uma segunda onda da Covid-19,e cobrou apoio do governador Wilson Lima (PSC).

Na entrevista o prefeito falou sobre a pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), onde aponta que Manaus vive uma segunda onda de casos da Covid-19.

FOTO: Divulgação/Secom

Compartihe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-MAIL

Veja também:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp